Próxima geração do Toyota Corolla pode trazer novidade importante ao Brasil

Primeiras especulações sobre o modelo começam a circular na imprensa especializada global
Ilustração de Kleber Silva para a próxima geração do Toyota Corolla

Ilustração de Kleber Silva para a próxima geração do Toyota Corolla | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Lançada globalmente em 2018 e atualizada em um facelift apresentado em 2022, a atual 12ª geração do Toyota Corolla caminha para seu fim de ciclo ao considerarmos a frequência com que a marca atualiza seus automóveis. 

Vale um parênteses para lembrar que o Toyota Corolla atual começou a ser produzido no Brasil em 2019 e, ainda neste ano, deverá inaugurar o pacote de atualizações visto no modelo internacional. 

Voltando ao exterior, a mídia especializada de diversos países já começa a especular sobre algumas características que a próxima geração do Corolla deverá entregar, a qual é esperada para ser revelada globalmente no fim de 2024, inaugurando o modelo 2025 em alguns mercados. 

Começando pelo design, como nos antecipam as interessantes projeções do designer Theottle em seu canal no YouTube, é provável que modelos recentes como a quinta geração do Toyota Prius e o elétrico bZ antecipem muitos detalhes sobre o estilo que a fabricante vai adotar na renovação completa do Corolla. 

Acompanhando o visual arrojado, o Corolla também deverá contar com uma cabine mais sofisticada, oferecendo um cuidado maior com o nível de acabamento. É fato que este não é um ponto forte do sedã médio atual mesmo em seus catálogos mais caros. 

Ilustração artística do designer Theottle sobre a próxima geração do Toyota Corolla
Ilustração artística do designer Theottle sobre a próxima geração do Toyota Corolla
Imagem: Theottle

Falando no Prius recém-atualizado, é altamente provável que a próxima geração do Corolla compartilhe com o primo a mecânica híbrida plug-in atualizada para o modelo. 

No caso do Prius, ela toma como base o motor 2.0 a gasolina associado a um propulsor elétrico para resultar em 223 cv de potência combinada. Com 0 a 100 km/h realizado em competentes 6,7 segundos, o modelo também oferece performance mais do que convincente. 

O Prius também contará com opções híbridas convencionais (sem opção de recarga externa) baseadas tanto no motor 1.8 quanto 2.0, ambos abastecidos com gasolina. 

Segundo os dados do mercado japonês, o Prius PHEV (híbrido plug-in) alcança consumo médio de 30 km/l em versões com rodas aro 17”, oferecendo autonomia em modo 100% elétrico de 105 km. 

Caso a Toyota optar, uma novidade importante para o Brasil pode residir exatamente na nacionalização da mecânica híbrida plug-in para o Corolla atualmente produzido em Indaiatuba (SP). 

Ilustração do designer Theottle antecipando a próxima geração do Corolla
Ilustração do designer Theottle antecipando a próxima geração do Corolla
Imagem: Theottle

É fato que a marca surpreendeu ao produzir localmente o Corolla Hybrid atual, que, inclusive, tornou-se o primeiro automóvel híbrido flex do mundo, podendo aceitar etanol, gasolina ou a mistura de ambos em qualquer proporção. 

O investimento na produção local de um híbrido plug-in (provavelmente também bicombustível) colocaria a Toyota novamente na dianteira do mercado brasileiro quando o tema é eletrificação. 

Poucas marcas sinalizam a intenção de produzir no Brasil um veículo com este tipo de tecnologia e alto conteúdo de componentes locais. Até o momento, nenhuma outra fabricante instalada no Brasil, fora a Toyota, produz um modelo híbrido pleno no país. 

Considerando que a Toyota ainda precisa realizar o facelift de meio-ciclo do Corolla atual, provavelmente a nova geração do sedã médio no Brasil não deverá estrear por aqui antes de 2025. 

Recomendados por AUTOO

Youtube
Picape Fiat Titano

Picape Fiat Titano

Estreia da marca no segmento onde a Hilux domina, mas será que dá para peitar a Toyota?
Aviação
Rússia fabrica mais caças Su-34 enquanto Ucrânia destrói outros

Rússia fabrica mais caças Su-34 enquanto Ucrânia destrói outros

Mais um lote do jato de combate foi entregue, mas Força Aérea ucraniana diz ter destruído seis jatos russos em ataque de drone
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!