Próximo Fiat Tipo será um SUV; Punto pode ganhar nova geração usando base da Peugeot

Nova geração do hatch é um modelos cotados para aparecer após a fusão das operações de Peugeot-Citroën e Fiat-Chrysler
Acima o Fiat Tipo atualmente vendido na Europa

Acima o Fiat Tipo atualmente vendido na Europa | Imagem: Divulgação

Desde a morte de Sergio Marchionne, antigo CEO da Fiat Chrysler, em 2018, a Fiat vem encontrando dificuldades em achar o seu caminho na Europa. A marca deixou de oferecer por lá o Punto, focando esforços nos subcompactos Panda e 500, enquanto quem queria um carro maior deveria ficar com as versões de entrada do Tipo, maior e que compete com hatches de maior porte.

Agora, Olivier François, diretor executivo da Fiat global, em entrevista ao site britânico Auto Express, deu algumas dicas do que pode ocorrer no futuro da marca nos próximos anos, ainda mais considerando a concretização da fusão do grupo ítalo-americano com a Peugeot-Citroën (PSA), o que abre um leque de possibilidades maior.

Tipo poderá ser um SUV

Um dos itens abordados pelo executivo foi a possibilidade de se usar o Tipo como uma família de veículos completa na próxima geração, não só um hatch intermediário. Enquanto uma versão elevada e aventureira desse novo Tipo já foi flagrada em testes, a Fiat estaria de olho em fazer um utilitário esportivo de verdade sobre a plataforma renovada do modelo. 

“A próxima geração do Tipo deverá migrar para um espaço de maior relevância no setor automotivo atualmente, que é o de SUVs”, disse Olivier. Para o executivo, utilitários esportivos médios, familiares e de baixo custo estão no foco dos compradores europeus: “Quem está indo bem? Marcas de baixo custo como Skoda, Seat, Kia e Hyundai. Então sim, esse é o espaço para nossa marca e é importante que a Fiat uma oferta de SUV para tal segmento sem muita demora”.

Novo Punto nos planos, mas será um Peugeot 208

Além dos possíveis destinos do Fiat Tipo na Europa, a marca também estaria de olho em trazer o Punto de volta, segundo afirmou a publicação britânica. Enquanto no Brasil tal modelo e o Palio foram substituídos pelo Argo, o Velho Continente simplesmente ficou sem opções, com o catálogo partindo de 500 e Panda e pulando diretamente para o Tipo.

Agora, com um cenário de fusão entre FCA e PSA, o nome do Punto volta a ser cotado e já estaria com os trabalhos iniciados para uma nova geração. Em um universo onde a Opel, marca mais recente a chegar no grupo francês, utilizou a plataforma CMP do Peugeot 208 para a nova geração Corsa, seria apenas natural esperar que a Fiat também se aproveite dessa arquitetura pronta para o segmento de compactos para dar vida a um novo Punto.

Acima o Fiat Tipo atualmente vendido na Europa
Acima o Fiat Tipo atualmente vendido na Europa
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!