Rara Kombi 55 aparece restaurada depois de 43 anos de hibernação

Trata-se do único modelo Type 2 Schulwagen que resta no mundo, usado para treinamento de concessionários
Kombi 55 é resgatada de celeiro dos EUA depois de 43 anos parada

Kombi 55 é resgatada de celeiro dos EUA depois de 43 anos parada | Imagem: Divulgação

Quando aparece uma Kombi, o brasileiro já abre os olhos, tamanha importância que o utilitário tem no Brasil, onde o modelo foi fabricado entre 1957 e o final de 2013, passando a fazer parte da paisagem e do dia a dia do país até hoje. Desta vez, vamos falar de uma notícia oficial da Volkswagen dos EUA, sobre o único exemplar Type 2 Schulwagen que restou no planeta Terra.

A raridade ficou 43 anos esquecida em um celeiro e agora aparece restaurada com todos os critérios de fábrica. Segundo a marca alemã, a versão Type 2 Schulwagen foi feita como veículo de treinamento itinerante.

No início dos anos 1950,  os carros da Volkswagen e Porsche foram importados para os Estados Unidos pelo empresário austríaco Max Hoffman. No entanto, a Volkswagen decidiu rescindir seu contrato com Hoffman como único importador e iniciou o trabalho de base para fundar a Volkswagen of America, em 1954. A liderança em Wolfsburg queria uma organização americana dedicada para explorar o maior mercado de automóveis do mundo.

VEJA TAMBÉM:

Kombi 55  Tipo 2 Schulwagen é restaurada dentro dos padrões originais de fábrica
Kombi 55 Tipo 2 Schulwagen é restaurada dentro dos padrões originais de fábrica
Imagem: Divulgação

A Volkswagen teria sucesso e dominaria o mercado de importação dentro de uma década, mas a empresa sabia que, para ter sucesso, teria que apoiar sua organização de vendas com uma rede de peças e serviços para dar suporte aos clientes após a venda.

Até 1954, os representantes da Volkswagen, Will Van De Kamp e Geoffrey Lange, estabeleceram a rede de revendedores e distribuidores. Em 1955, eles fizeram com que Wolfsburg enviasse seus primeiros funcionários, três treinadores técnicos de serviço e um par de Kombis Tipo 2 especialmente equipadas para viajar para as concessionárias e treinar o pessoal de serviço.

Esta foi a base da Escola de Serviços Móveis da Volkswagen. Curiosamente, os dois primeiros desses Kombis foram entregues à Volkswagen of America antes da empresa ser oficialmente constituída, em outubro de 1955.

Eventualmente, a frota de Kombis especialmente equipadas, ou Schulwagens , expandiu para 14 veículos, que em um ponto foram fotografados do lado de fora do primeiro escritório da Volkswagen of America em Englewood Cliffs, NJ. Na época, esses Schulwagens eram os VWs mais caros construídos, a um custo de mais de US$ 5.000 - ou o preço de dois modelos De Luxe de 23 janelas.

Durante o processo de restauração da rara Kombi, as camadas de tinta foram removidas até a camada original que mostrava a pintura original do VWoA. Os aspectos mecânicos foram todos atualizados e as ferramentas e equipamentos internos foram adquiridos e construídos. A pintura foi reparada e os logotipos foram repintados. Todo o processo de restauração levou quase cinco meses, um prazo incrivelmente curto para um projeto como esse, principalmente considerando a idade do veículo e os equipamentos especiais. 

Traseira da rara Kombi  Tipo 2 Schulwagen não tinha vidro traseiro
Traseira da rara Kombi Tipo 2 Schulwagen não tinha vidro traseiro
Imagem: Divulgação

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

 

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!