Renault expandirá fábrica de motores

Marca também inaugurou novo prédio de estamparia responsável pela linha de cortes de chapas de aço

Fachada da fábrica da Renault no Paraná | Imagem: Divulgação

A Renault anunciou na quinta-feira (02) que ampliará a sua fábrica de motores, localizada no Complexo Ayrton Senna, no Estado do Paraná. De acordo com a marca, a área total onde são feitos os propulsores que equipam a maior parte dos seus veículos no Brasil, como os compactos Clio, Sandero, Logan e Duster, será expandida para 5.000 metros quadrados.

Com isso a produção anual vai passar das atuais 400.000 unidades para 500.000 a partir de 2013. A marca ainda informa que cerca de 40% desse volume será destinado à exportação.

Leia também: Renault prepara motor 1.6 mais potente para Logan e Sandero

Desde o início de sua operação, em 1999, já saíram da fábrica de motores da Renault cerca de 2,5 milhões de propulsores, sendo que 1,2 milhão de unidades foram enviadas para outros países.

Novo prédio de estamparia

A Renault também aproveitou a ocasião para inaugurar o novo prédio de estamparia, que é responsável pela linha de cortes de chapas de aço. É nesse local que começa o processo de produção dos automóveis e, de acordo com a marca, de lá sairão cerca de 284.000 peças por mês.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!