Renault inicia produção do jipe compacto Duster na Colômbia

Novo pólo facilita exportações para países da América Central e Caribe

Versão nacional do jipinho tem detalhes diferentes do primo europeu | Imagem: divulgação

O Renault Duster, já produzido na Romênia (pela Dacia, divisão romena da Renault), Índia e no Brasil, entrou numa nova fase. A montadora francesa agora também produz o jipinho em Envigado, na Colômbia, em parceria com o grupo local Sofasa.

De acordo com a Renault, o novo centro de produção para o veículo visa não só suprir a demanda local do crescente mercado colombiano como também facilitar as exportações para nações como Peru, Equador e Chile e países da América Central e Caribe. As atividades da linha de montagem já estão em operação.

Avaliação completa: Renault Duster joga poeira no EcoSport

O Duster fabricado na Colômbia tem conjunto mecânico semelhante ao da série produzida no Brasil. No país vizinho, o modelo também é equipado com motores 1.6 e 2.0, mas capazes de rodarem apenas com gasolina – o Duster brasileiro é flex. Já o câmbio pode ser manual ou automático, no caso do modelo com motor de 2 litros.

Os preços comparados aos praticados no Brasil, por outro lado, são completamente diferentes. O Duster 1.6 feito na Colômbia custa 42.490.000 pesos colombianos (cerca de R$ 41.000), enquanto o modelo 2.0 começa 51.990.000 (R$ 50.200). No mercado nacional, os mesmos carros são cotados em R$ 51.800 e R$ 61.800, de acordo com o motor.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!