Renault Kardian mostra qualidades para mexer no segmento de SUVs

Em primeiras impressões, utilitário esportivo compacto se mostrou capaz de incomodar Fiat Pulse e Volkswagen Nivus
Renault Kardian 2024

Renault Kardian 2024 | Imagem: Fernando Pedroso/Autoo

Confesso que estava curioso em encontrar o Renault Kardian durante a viagem até Gramado, cidade serrana no Rio Grande do Sul que a marca escolheu para fazer o seu principal lançamentos em anos. Pela primeira vez eu veria um projeto completamente novo da marca, feito sobre uma moderna plataforma modular e inovações mecânicas que o colocaria à frente dos rivais de segmento: Fiat Pulse e Volkswagen Nivus —embora este último seja bem mais caro.

Ao chegar no hotel um dia antes do lançamento, fui dar uma olhada no estacionamento e era um mar laranja. Todos os carros que pude ver eram dessa cor e todos na versão top de linha Première Edition. As outras opções de cores, no entanto, são tão sem graça que vão ficar para ver nas ruas depois: preto, branco, prata e cinza.

Neste primeiro momento, o visual agradou. O carro parecia maior do que visto por fotos. A frente com faróis divididos e ligados por um friso que tem o novo logotipo da Renault passam um certo ar de robustez esperado em um hatch que quer ser SUV, assim como seus concorrentes. Também há molduras plásticas na parte inferior da carroceria e lanternas em formato de C na traseira que também achei bonita.

Renault Kardian 2024
Renault Kardian: visual agrada
Imagem: Fernando Pedroso/Autoo

Foi só no dia seguinte que pude entrar, finalmente, no novo Kardian. A primeira coisa que fiz foi abrir a porta traseira para guardar minha mochila no banco de trás e me decepcionei um pouco com o acabamento. Plásticos duros por toda a forração. Apoio de braço com couro sintético só mesmo nas portas dianteiras.

Acomodado no banco do motorista, após ajustes manuais do banco, com acerto de altura só para o condutor, noto o console central alto, que a Renault tanto tinha falado durante a apresentação do produto. Realmente é um detalhe que só havia visto em carros de luxo. A chave é em formato de cartão e pode ficar no bolso enquanto se dá a partida no botão.

Renault Kardian 2025
Painel é digital e ar-condicional automático é de série
Imagem: Divulgação

Com o motor ligado, hora de engatar a marcha na pequena alavanca de câmbio que poderia ter um acabamento melhor. Enquanto não podia sair, puxo para baixo e coloco em D. Empurro para cima e vai para R, de ré. Deixar no N, de neutro —ou ponto-morto— exige uma certa delicadeza no toque. Uma hora acerta.

O painel também tem revestimento em couro sintético —ao menos na versão top de linha— e plástico brilhante. O volante é revestido de couro e, atrás dele, está o painel digital configurável. O conta-giros horizontal poderia ter uma leitura melhor, aliás. Ao lado dele está a central multimídia com tela de 8” com Android Auto e Apple Carplay sem fio. No console central, dá para carregar o aparelho por indução, também só na Première Edition.

Preços do Renault Kardian

  • Renault Kardian Evolution - R$ 112.790
  • Renault Kardian Techno - R$ 122.990
  • Renault Kardian Premiere Edition - R$ 132.790

Câmbio automatizado funciona bem

Quando finalmente pude sair do estacionamento, matei a minha maior curiosidade de tudo isso: ver como funciona o tal câmbio automatizado de dupla embreagem. “Eu tenho preconceito com câmbio automatizado”, me disse um amigo no WhatsApp ao saber mais sobre o Kardian após o lançamento. E ele não tem com o que se preocupar, pelo menos quanto ao funcionamento.

Renault Kardian 2025
Console alto passa a impressão de categoria superior
Imagem: Divulgação

Quanto à durabilidade, só o tempo vai nos dizer. Se serve como alento, ela é banhada a óleo, diferente das “caixas secas” que criaram a má fama, como a Powershift da Ford. E a dupla embreagem não tem nada a ver com as de embreagem simples, como a própria Easy’R utilizada pela Renault há alguns anos, Easytronic da Chevrolet, Dualogic da Fiat e IMotion da Volkswagen, todas elas aposentadas. Ainda bem.

As trocas de marcha são rápidas e quase imperceptíveis. A caixa entende que nas ruas estreitas de Gramado a exigência no pedal do acelerador era baixa, então manteve o giro adequado do motor. Da mesma forma que entendeu quando quis uma tocada mais esportiva em um trecho de rodovia com curvas fechadas. Dá até para deixar no modo manual com trocas atrás do volante, mas esse sistema não é muito obediente.

E essa transmissão conversa muito bem com o motor, outra novidade do conjunto. Trata-se do 1.0 turbo com mais torque, com seus 22,4 kgfm de torque. Só a potência que fica abaixo dos outros, com 125 cv. O Fiat Pulse turbinado tem 130 cv e 20,4 kgfm.

Quem se mostra bem ajustada é a suspensão, que tem a dureza certa para dar estabilidade nas curvas, mas não chega a pular tanto em pisos irregulares. A boa altura do solo ajuda a transitar no piso de terra da Serra Gaúcha. A impressão é que o carro está sempre na mão, apesar da direção poder ser um pouco mais direta do que é.

O consumo do Kardian, segundo o Inmetro, é de 7,4 km/l na cidade e 8,3 km/l na estrada com etanol e 10,7 km/l na cidade e 11,6 km/l na estrada com gasolina.

Espaço de hatch crescido

O Kardian é feito sobre a plataforma RGMP (Renault Group Modular Platform), derivada da CMF-B usada em vários outros carros na Europa, inclusive a terceira geração do Sandero, que não temos no Brasil. É baseado nele que a marca fez o SUV. E dele trouxe a boa distância entre-eixos de 2,60 m, 7 cm a mais que o Pulse e 3 cm a mais que o Nivus.

Renault Kardian 2025
Espaço no banco traseiro é muito bom, mas falta capricho no acabamento atrás
Imagem: Divulgação

Isso significa que a área aproveitável para a cabine é a maior da categoria, o que garantiu um bom espaço para os cinco passageiros. Quem vai atrás, além do bom espaço para as pernas, ainda tem portas USB para carregar os celulares. O porta-malas tem 358 litros, dentro da média da categoria e suficiente para viagens sem muita bagagem.

Caso queira levar mais coisas, a Renault trouxe uma solução bem interessante. As barras longitudinais que quase todo SUV tem podem ser desparafusadas e instaladas na transversão. Isso facilita muito a instalação de suportes de bicicleta ou baús de carga - veja vídeo explicativo.

Renault Kardian 2025
Porta-malas tem 258 litros
Imagem: Divulgação

Equipamentos

  • Evolution: seis airbags, piloto automático, painel digital com tela de 7”, central multimídia com tela de 8”, ar-condicionado digital com comandos automáticos e rodas de 16” com calotas que imitam roda de liga-leve.
  • Techno: acrescenta freio de mão eletrônico, rodas de liga-leve de 17”, chave presencial com partida remota, frenagem de emergência, alerta de colisão frontal e portas USB-C no banco traseiro.
  • Première Edition: acrescenta controle de cruzeiro adaptativo, câmeras que dão visão de 360º, carregador por indução, grade frontal em preto brilhante, luzes de ambiente internas.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!