O acordo entre Fiat e Chrysler – que hoje tem a primeira com controle majoritário da segunda – tem se mostrado um tanto desequilibrado quando o assunto é lançamentos. Ou seja: a Chrysler tem servido a Fiat com suas plataformas muito mais do que a Fiat tem dado à Chrysler. Fiat Freemont, Maserati Kubang e grande parte da família Lancia são os principais exemplos de carros da norte-americana que ganharam o símbolo da italiana.

Mas, finalmente, a Fiat retribuirá. Segundo informações do site norte-americano Autoblog, o Alfa Romeo Giulietta servirá de base para um novo sedã da Chrysler, que atualmente passa por testes desérticos pelos EUA. Ainda de acordo com a publicação, o sedã em questão deverá levar o nome de Dodge Hornet, e brigará no acirrado segmento de sedãs compactos (para os padrões norte-americanos) contra Honda Civic e Ford Focus, principalmente.

Rodrigo Mora

|