Subaru WRX STI estreia melhorias na linha 2018

Sistema de tração integral, freios e suspensão foram otimizados no famoso esportivo japonês
Subaru WRX STI 2018

Subaru WRX STI 2018 | Imagem: Divulgação

 Com o fim do Mitsubishi Lancer Evo, o Subaru WRX STI restou como a única opção para quem é fã dos tradicionais sedãs esportivos japoneses. Mesmo com a concorrência mais tranquila, a Subaru não deu folga e revelou a linha 2018 do modelo com pontuais, porém interessantes, melhorias.

A mais sutil delas diz respeito ao design da parte dianteira. A grade foi revista e conta com uma abertura maior, enquanto os faróis ganham sistema de LED com função “cornering”, ou seja, o recurso aumenta o campo de iluminação de acordo com o lado para o qual o motorista esterça o volante. Ainda na parte externa, o WRX STI 2018 também passa a oferecer os apoios para colocação de rack no teto.

Na parte mecânica, o pessoal da Subaru Tecnica Internacional (STI) deu uma boa revisada nos principais componentes que dão grande fama ao esportivo. O sistema de tração integral simétrico está mais moderno e o DCCD (Multi-Mode Driver Controlled Center Differential), recurso que permite ao motorista controlar a distribuição do torque entre os eixos dianteiro e traseiro, deixa de usar uma combinação de controles mecânicos e eletrônicos para regular o diferencial central por um sistema totalmente eletrônico. Segundo a Subaru, o aprimoramento proporciona respostas mais rápidas e suaves.

As rodas de liga leve aro 19” contam com novo design e são calçadas em pneus 245/35R19.

Os freios projetados pela Brembo para o modelo foram melhorados e contam com um novo conjunto de pinças com 6 pistões na dianteira e 2 pistões na traseira. As novas pastilhas trazidas para o conjunto contam com maior área de contato para melhorar a sensação de frenagem e tornar o sistema menos suscetível à fadiga. O WRX STI, pelo menos nos EUA, pode ser equipado com bancos Recaro.

O motor segue inalterado, no caso o 2.5 boxer turbo com 305 cv.

Por dentro, tanto o WRX como o WRX STI ganharam melhorias como novos materiais para o painel, descansa-braço traseiro com porta-copos, novas maçanetas e abertura remota da tampa do porta-malas. O silêncio a bordo também está melhor graças a inclusão de vidros mais grossos, guarnições das portas melhoradas e um novo revestimento entre a parede corta-fogo do motor e o painel.

O Subaru WRX também ganhou aquecimento para os retrovisores externos e sua configuração mais completa nos EUA conta com central multimídia com tela de 7”.

Procurada pelo AUTOO, a Subaru declarou que não existe previsão de chegada do WRX STI 2018 ao Brasil. Fato é que algumas unidades 2016 ainda estão nas lojas, o que torna necessário esgotar esse estoque antes de considerar a importação do modelo 2018. Apesar das vendas bem restritas por aqui, vamos torcer para ele continuar por aqui.