Sucessor do Chevrolet Spin ganha opção híbrida-leve na China

Com o conjunto mais eficiente, modelo supera os 16 km/l; saiba mais
Chevrolet Orlando vendido na China: modelo foi lançado em 2018

Chevrolet Orlando vendido na China: modelo foi lançado em 2018 | Imagem: Divulgação

Tudo o que envolve o atual Chevrolet Orlando chinês merece nossa atenção por um motivo muito importante: ele basicamente será o sucessor do Chevrolet Spin aqui no Brasil.

Mantendo a proposta do Spin com sua cabine para 5 ou 7 lugares, o Chevrolet Orlando traz um estilo visual que remete a um crossover e deverá oferecer uma cabine bem ampla e espaçosa para o uso familiar.

Talvez a nova Spin será lançada aqui no Brasil em 2021 ou, no mais tardar, em 2022. Enquanto isso, o Orlando chinês, que foi lançado em setembro de 2018, estreou nesta semana uma novidade interessante.

Chevrolet Orlando em sua configuração híbrida-leve
Chevrolet Orlando em sua configuração híbrida-leve
Imagem: Divulgação

O crossover passa a contar com uma variante híbrida-leve tomando como base o motor 1.3 turbo. Na nova opção, o propulsor térmico ganha o reforço de um pequeno motor elétrico baseado em um sistema de 48V.

Segundo a Chevrolet, o Orlando eletrificado tornou-se 9% mais econômico em relação ao modelo 1.3 turbo convencional. De acordo com dados da fabricante, o crossover consegue alcançar médias na casa de 16,4 km/l, porém a marca não especificou o cenário de uso.

Detalhe do conjunto propulsor híbrido-leve aplicado no Chevrolet Orlando chinês
Detalhe do conjunto propulsor híbrido-leve aplicado no Chevrolet Orlando chinês
Imagem: Divulgação

O conjunto híbrido-leve presente no Orlando conta com cinco modos de atuação (Auto Start, E-boost, Smart Charge, Brake Energy Regeneration e E-idle). Na China, o Orlando eletrificado contará com 8 anos de garantia ou 160 mil quilômetros para o motor térmico e partes da transmissão.

Acima o Chevrolet Orlando (esq.) ao lado do Monza: sedan inaugurou o sistema híbrido-leve em maio deste ano
Acima o Chevrolet Orlando (esq.) ao lado do Monza: sedan inaugurou o sistema híbrido-leve em maio deste ano
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!