Supercarro híbrido, McLaren Artura está confirmado para o Brasil

Futuro modelo de alto desempenho da marca inglesa chegará ao país no segundo trimestre de 2021
Primeiro detalhe oficial do McLaren Artura

Primeiro detalhe oficial do McLaren Artura | Imagem: Divulgação

A McLaren anunciou nesta segunda-feira (23) o nome e os detalhes técnicos iniciais de seu próximo supercarro.

A novidade será chamada Artura e vai inaugurar uma plataforma totalmente nova da marca, otimizada para eletrificação, projetada e fabricada no McLaren Composites Technology Center. Entre as vantagens da arquitetura, explica a McLaren, está o fato de que a massa adicional do sistema híbrido de alto desempenho foi amplamente compensada pela aplicação de tecnologias de redução de peso em todo o chassi, carroceria e conjunto motor e câmbio. Além disso, a construção de carbono leve (MCLA, McLaren Carbon Lightweight Architecture) não só permite a vantagem do menor peso total para o carro, como também será “a base para a excelência dinâmica inerente a cada McLaren”, completa a fabricante. 

O Artura vai estrear um novo motor V6 biturbo a gasolina de dimensões reduzidas, já projetado tendo em vista a eletrificação. A McLaren chama o novo conjunto mecânico de HPH (High-Performance Hybrid), ou híbrido de alta performance, e vai detalhar os números de potência e torque em uma data mais próxima ao lançamento do superesportivo. Em seu comunicado para a imprensa publicado nesta segunda, a McLaren antecipa que o conjunto híbrido HPH “mantém os benefícios de desempenho dos motores V8 de maior capacidade da McLaren e tem a atração adicional da resposta de torque aprimorada em baixas rotações do motor para fornecer aceleração altamente excitante”. De olho no cuidado com o meio-ambiente, o Artura também poderá ser utilizado apenas em modo elétrico em percursos urbanos. 

Ao confirmar o nome Artura para seu próximo supercarro, a McLaren declarou que a novidade “abre uma nova linha de produtos” para a fabricante e “o início de uma nova era” para a empresa britânica. A McLaren também enfatizou sua “experiência em eletrificação apresentada pela primeira vez no hipercarro híbrido McLaren P1, revelado em 2012, e mais recentemente no Speedtail, que entrou em produção neste ano como o carro mais rápido da McLaren com velocidade máxima superior a 402 km/h”. Logo, podemos esperar para o Artura números de desempenho extremamente agressivos. 

O Artura está confirmado para chegar ao mercado brasileiro no segundo trimestre de 2021. E pode colocar aí alguns milhões de reais no valor sugerido… 

 
Assine a newsletter semanal do AUTOO!