Uma das grandes novidades da linha Ford EcoSport 2019 sem dúvida nenhuma se deu pela volta da versão com tração integral para o modelo.

Chamada de Storm e pegando carona no visual mais robusto da linha Raptor norte-americana, a nova versão topo de linha do EcoSport traz algumas peculiaridades no visual para realçar a robustez de seu sistema de tração integral. A grade dianteira bem pronunciada, com o nome da versão em relevo ao centro, e a capa rígida do estepe provam nosso ponto de vista logo de cara.

Tudo isso fez com que o EcoSport Storm ganhasse 88 mm a mais no comprimento, totalizando 4,35 m. Para “aumentar a musculatura” do SUV, como explicou a Ford, o time de design adotou uma sacada simples, mas eficaz. A receita foi deslocar em 10 mm as rodas de liga leve aro 17” para as extremidades da carroceria. Com isso, o EcoSport Storm tornou-se 20 mm mais largo que as demais versões. Alguns adesivos no capô e nas laterais do carro arrematam o visual da novidade.

Preferências de design à parte, fato é que a Ford tomou uma sábia decisão ao passar a oferecer o EcoSport 4WD com câmbio automático, combinação mecânica que nunca existiu até hoje para o modelo com tração integral. Com isso, a Ford emprestou da versão Titanium o eficiente motor 2.0 16V e a transmissão de 6 marchas, aplicando o conjunto no EcoSport Storm. Com isso, a nova versão traz o sempre bem-vindo conforto da caixa automática, algo que se tornou mandatório entre os clientes do segmento.

Tabelado em R$ 99.990, em uma rápida olhada no mercado você não encontrará modelos com o mesmo custo-benefício do Storm. Tudo bem, alguns poderão alegar que você compra o Suzuki Vitara com o mesmo preço do EcoSport avaliado aqui, porém na versão 4You AllGrip o Vitara sai de fábrica com motor 1.6 16V sob o capô e uma lista de equipamentos inferior em relação ao EcoSport Storm.

A situação na própria gama Vitara fica mais interessante na opção topo de linha do Suzuki, com motor 1.4 turbo, porém o preço salta para R$ 114.990 com tração integral, quase projetando o Vitara para outro segmento.

No limite dos R$ 100 mil, o EcoSport Storm 2019 conta com tudo o que se espera de um modelo nessa faixa de preço. Estão ali os controles de tração e estabilidade, a segurança extra dos 7 airbags na cabine e até mesmo os faróis com iluminação por lâmpadas de xênon. A própria tração integral é um item que conta pontos valiosos em termos de segurança ativa. No campo do conforto, requintes como o teto solar, revestimento interno de couro, ar-condicionado automático digital, sensor de chuva e acendimento automático dos faróis, dentre outros, também fazem parte da lista de equipamentos de série. Claro que a conectividade não foi esquecida e o EcoSport Storm conta com a central multimídia Sync 3 dotada de câmera de ré e navegador integrado. O sistema de som premium projetado pela Sonycom 9 alto-falantes, garante uma boa eficiência sonora.

 
 
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
Ford EcoSport 2019
Ford EcoSport 2019
 
 

Partindo para alguns atributos que interessam mais a quem sente a necessidade de comprar um carro com tração integral, o EcoSport Storm traz credenciais favoráveis ao uso fora-de-estrada. O ângulo de ataque é de 23,6º, o de saída fica em 27,6º e a altura em relação ao solo é de 20 cm. Não é um conjunto extremo, mas dá conta da maioria das situações que você pode encontrar longe do asfalto.

O sistema 4WD, por sua vez, funciona operado pelo controle inteligente de torque, ou ITCC na sigla em inglês. Ele reúne sensores que analisam as condições de uso do EcoSport Storm e distribui o torque entre as rodas dianteiras e traseiras de acordo com a necessidade, com um tempo de atuação de menos de um décimo de segundo, acrescenta a Ford. Com peso total de 1.469 kg (consideráveis 110 kg a mais que o Titanium 2.0), o EcoSport Storm tem capacidade de reboque sem freio de 550 kg. 

Em conjunto com a tração integral, outra boa novidade do EcoSport Storm 2019 é que a versão sai de fábrica com suspensão traseira independente do tipo multibraço. Uma pena que as demais configurações do EcoSport não estão nos planos de receber o conjunto, que traz ganhos em termos de conforto e comportamento dinâmico, mas também é mais caro. As rodas frontais receberam um aumento de 17 mm no curso da suspensão, enquanto as molas foram recalibradas.

Com tudo isso, aponta a Ford, a capacidade de absorção de impactos no EcoSport Storm é 15% melhor e o nível de vibração do volante foi reduzido em 40% sobre as demais opções do modelo, algo que você efetivamente sente na prática.

Mesmo com rodas aro 17” e calçadas em pneus de perfil baixo (205/50), o EcoSport Storm mostrou-se um carro com rodar muito confortável. O ganho em suavidade nas respostas do volante também é perceptível, bem como o modelo de maneira geral mantém o bom comportamento dinâmico que é peculiar aos modelos da categoria.

Graças ao sistema de injeção direta e o bom volume de torque, de até 22,5 kgfm com etanol, algo elogiável para um 2.0 16V aspirado, o EcoSport Storm oferece respostas adequadas com sua proposta. É um SUV mais ágil e de acelerações mais vivas em relação ao que você encontra em um Nissan Kicks, por exemplo, portanto tende a agradar quem faz questão de uma reserva de potência na hora de sair por aí. De acordo com números da Ford, o EcoSport Storm acelera de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos e a velocidade máxima fica em 180 km/h, nos dois casos considerando o uso de etanol. Não são números de um esportivo, mas você não tem do que reclamar a bordo do SUV.

O maior peso de seu sistema de tração integral também se reflete no consumo. Com gasolina, o Storm alcança médias de 8,5 km/l na cidade e 11,4 km/l na estrada. A versão Titanium, com o mesmo 2.0 flex e câmbio de 6 marchas, porém apenas com tração dianteira, entrega parciais de 8,8 km/l e 12 km/l, respectivamente. Como já diz a sabedoria popular, “não existe almoço de graça” e é claro que a conta do conjunto mais robusto do EcoSport Storm iria aparecer em algum lugar.

Em resumo, a nova versão Storm surge como uma das mais interessantes dentro da gama EcoSport não só pela oferta da tração integral, mas por todas as melhorias técnicas que o novo conjunto trouxe ao SUV. Sem dúvida ele é o melhor EcoSport já colocado nas lojas até hoje, seja em termos mecânicos bem como de acabamento.

O preço da versão Storm, sobretudo considerando a presença da tração integral, não deixa de ser convidativo. Se você gosta do modelo e tem essa grana para gastar, vale a pena usá-la na nessa versão em especial se você chegou a considerar a compra do EcoSport Titanium. Alguns rumores dão conta que a Ford também vai colocar no mercado uma opção FreeStyle 4WD, com o mesmo sistema de tração integral do EcoSport Storm, porém a um preço menor, algo que deverá ser bem interessante. A lista de equipamentos de série, por sua vez, também deverá ser menor.

Outros modelos da categoria, como o Hyundai Creta Prestige (R$ 102.580), não contam com tração integral, mas no Hyundai você vai encontrar uma cabine espaçosa e um porta-malas maior em relação ao EcoSport, pontos em que o Ford deixa a desejar. A maior versatilidade do Hyundai pode ser algo preponderante dependo do público, mas em termos de custo-benefício o EcoSport Storm tem muitos atributos para convencê-lo a levá-lo para casa.

Ficha técnica

Ford EcoSport 2019 Storm 2.0 16V flex automático integral 4p
Preço R$ 99.990 (03/2018)
Categoria SUV compacto
Vendas em 2017 31.195 unidades
Motor 4 cilindros, 1999 cm³
Potência 170 cv a 6500 rpm (gasolina)
Torque 20,6 kgfm a 4500 rpm
Dimensões Comprimento 4,357 m, largura 1,785 m, altura 1,693 m, entreeixos 2,519 m
Peso em ordem de marcha 1469 kg
Tanque de combustível 52 litros
Porta-malas 356 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |