Em um segmento dominado pelos japoneses Toyota Corolla e Honda Civic, o Volkswagen Jetta sempre se destacou como uma alternativa mais esportiva graças à sua versão mais cara equipada com o motor 2.0 turbo.

Os anos foram se passando e eis que na décima geração o Civic abraçou de vez um caráter mais esportivo, com destaque para sua opção topo de linha Touring dotada de um interessante 1.5 turbo sob o capô.

Faltava, então, uma resposta à altura por parte da Volkswagen e a marca resolveu não decepcionar os brasileiros fãs do modelo. Se o Jetta R-Line não convenceu, por assim dizer, com o motor 1.4 TSI sob o capô, a VW resolveu subir o patamar do Jetta por aqui e resolveu importar ao Brasil pela primeira vez na história a configuração GLI do sedan, a qual já fazia sucesso em mercados como os EUA.

Com o conjunto mecânico emprestado do Golf GTI, a única versão do hatch médio ainda produzida em São José dos Pinhais (PR), temos à disposição no Jetta GLI ótimos 230 cv e 35,7 kgfm de torque, mais do que suficientes para levar o sedan de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e até 250 km/h de velocidade máxima, com consumo na casa de 10 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada utilizando gasolina, único combustível aceito pelo propulsor.

Apenas como comparação, o Golf GTI precisa de 7 segundos para cumprir a prova de aceleração e alcança 238 km/h de velocidade, logo temos aqui uma discreta vantagem para o sedan graças ao perfil mais aerodinâmico que os três volumes oferecem ao Jetta GLI.

O interessante mesmo a bordo do Jetta GLI é a versatilidade desse modelo. Não só pelo ótimo porta-malas de 510 litros ou o bom espaço espaço interno de sua cabine, mas em especial pelas respostas ao volante do sedan. Ao contrário de muitos esportivos, ele não é aquele carro com uma suspensão rígida demais ou que oferece um conjunto motor e câmbio orientado apenas para a esportividade plena, cansando em muitos deslocamentos urbanos.

 

A Volkswagen acertou muito bem na tropicalização do Jetta GLI por aqui. Ele não é baixo demais – vencendo valetas e acessos de garagem sem raspar a dianteira – e mesmo suas belas rodas de liga leve aro 18” não sacrificam o conforto em nome do estilo e do melhor comportamento dinâmico. Com isso, você se sente tão confortável a bordo do Jetta GLI em um engarrafamento de duas horas quanto viajando com ele por uma estrada mais convidativa.

Soma-se ao caráter “multifuncional” do Jetta GLI seus modos de condução, que partem desde o mais econômico possível (Eco) até o mais dinâmico possível (Sport), extraindo tudo o que ele é capaz de entregar. Há também as opções Normal ou Individual, em que você configura o sedan da maneira que achar mais conveniente, regulando até o sistema de escapamento esportivo com sua agradável sonoridade mais grave que reverbera pela cabine.

Com discos de freio robustos nas rodas dianteiras e traseiras, suspensão multibraço no eixo traseiro e os controles de tração e estabilidade, o Jetta GLI entrega a segurança nas respostas condizente com um carro de sua proposta. Talvez, para ficar perfeito, só faltaria ao Jetta GLI um sistema de tração traseira como os consagrados BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C, porém o preço também se tornaria elevado demais. De qualquer forma, o sistema de bloqueio eletrônico do diferencial (XDS) é uma ótima ferramenta para deixar o Jetta GLI sempre “na mão”.

Já que falamos no preço, o Jetta GLI chega ao mercado tabelado em R$ 144.990, um valor que não deixa de ser interessante considerando tudo que ele entrega em termos mecânicos e de equipamentos de série. Estão presentes no pacote os 6 airbags, controles de tração e estabilidade, piloto automático adaptativo, alerta de colisão com frenagem automática de emergência, faróis full-LED com comutação automática para o facho alto, painel de instrumentos digital, revestimento interno de couro, chave presencial, start-stop e central multimídia completa que gerencia um sistema de som especial projetado pela Beats. E aqui estamos citando apenas os recursos principais do Jetta GLI. O único opcional do sedan fica por conta do teto solar acompanhado por duas luzes de leitura na dianteira, pacote que custa R$ 4.990. A opção da VW por deixar o teto solar como um item a parte é compreensível, uma vez que o Jetta GLI é uma opção para quem deseja um carro blindado devido aos generosos números de potência e torque.

Talvez hoje no mercado um concorrente mais direto para o Jetta GLI em termos de modernidade de projeto e proposta seria o Honda Civic Touring citado no início do texto. Hoje o Honda em sua versão topo de linha custa R$ 128.900, mas, apesar do conjunto mecânico irretocável como o do Jetta GLI, o motor 1.5 turbo não entrega o mesmo vigor do VW nas acelerações e retomadas. O Civic Touring também fica devendo assistentes de condução mais avançados presentes no Jetta GLI, como é o caso do alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência.

Correndo por fora, temos até o discreto Citroën C4 Lounge como uma opção nem tão moderna assim, mas, por R$ 103.990 na versão Shine, ele foca no custo-benefício. Seu motor 1.6 THP, com turbo e injeção direta, é uma das raras opções sobrealimentadas no segmento a aceitar também etanol, entregando 173 cv de potência máxima.

Com preço menor do que um Golf GTI e ainda mais veloz e tão convincente quanto o hatch médio, o Jetta GLI chega ao mercado como uma excelente opção para quem deseja um automóvel verdadeiramente esportivo e tão confortável quanto um sedan familiar para o dia a dia. Se esse é o seu perfil e você pode gastar cerca de R$ 145.000, é uma das melhores compras que você pode fazer hoje em dia.

 
 
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Ford Ranger 2020
 
Ford Ranger 2020
Ford Ranger 2020
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
 

Ficha técnica

Volkswagen Jetta 2019 GLI 2.0 16V flex automático 4p
Preço R$ NaN (11/2019)
Categoria Sedã médio
Vendas em 2017 7.670 unidades
Motor 4 cilindros, 1984 cm³
Potência 230 cv a 4700 rpm (gasolina)
Torque 35,7 kgfm a 1500 rpm
Dimensões Comprimento 4,702 m, largura 1,799 m, altura 1,474 m, entreeixos 2,688 m
Peso em ordem de marcha 1432 kg
Tanque de combustível 50 litros
Porta-malas 510 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/