No universo dos perfis de consumidores, existem os fãs, os racionais, os mais apaixonados, aqueles que fazem questão de possuir determinado produto assim que ele é lançado, entre tantos outros. No universo automotivo isso não é diferente e as montadoras com seus afiados times de marketing sabem levar em conta tudo isso na hora de compor a linha de cada um de seus modelos.

Falando sobre a gama Volkswagen Polo, as versões Comfortline e Highline são as mais passionais, para dizer assim, já que buscam cativar clientes graças à eficiência do motor 1.0 turbo sob o capô e a possibilidade de acrescentar ao hatch um nível mais alto de equipamentos, com direito até a um painel de instrumentos digital (recurso outrora visto apenas em modelos bem mais caros). Para quem é mais racional, porém não abre mão do conforto do câmbio automático, o Polo 1.6 MSI surge como uma opção bem interessante. Apesar da VW recentemente anunciar o Polo Sense para o público PcD a partir de 2019, a versão avaliada aqui também atende quem vai realizar a compra com isenção, portanto deve ser levada em conta.

Hoje em dia o Polo 1.6 MSI com câmbio automático parte de R$ 62.690, uma diferença considerável nesse segmento para os R$ 68.120 pedidos pela VW no Polo Comfortline, mas vale ponderarmos algo importante.

Se acrescentarmos todos os opcionais disponíveis, o Polo 1.6 automático atinge R$ 67.486 considerando a cor Preto Ninja (sem custo adicional). Assim configurado, o Polo 1.6 automático conta com os principais itens de conforto e segurança que se espera de um hatch compacto moderno, com destaque para os controles de tração e estabilidade, rodas de liga leve aro 15”, central multimídia com suporte aos principais sistemas de espelhamento para smartphones, sensor de estacionamento traseiro, entre outros. A grande questão é que, pela diferença de apenas R$ 634 entre o Polo Comfortline básico e o Polo 1.6 automático completo, é muito mais interessante comprar a versão com motor 1.0 TSI, a qual já conta com todos os itens citados anteriormente de série. Logo, o Polo 1.6 automático vale a pena apenas na versão de entrada com valor próximo aos R$ 60.000.

De qualquer forma, o Polo 1.6 automático básico já oferece muitos recursos que o público racional espera encontrar. Temos nele 4 airbags de série, além de rádio, ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, travas e vidros elétricos... Enfim, é um modelo feito para quem tem a cabeça nos números e não deseja gastar muito para comprar um hatch moderno.

Mecanicamente, se não tem o brilho do motor 1.0 TSI, o motor 1.6 16V dá conta do recado ao movimentar o Polo. Ele está bem casado com a transmissão automática com 6 marchas e entrega o que se espera em termos de desempenho. Não temos um carro apático ao volante, mas também não tão vivaz nas acelerações e retomadas como o Polo nas opções Comfortline e Highline. Com um 0 a 100 km/h na casa de 10,5 segundos e médias de consumo de 11 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada com gasolina, o Polo 1.6 automático mostra-se bem suficiente para o uso urbano e agrada na estrada mesmo quando carregado.

O Polo 1.6 (assim como o 1.0) só poderia mesmo entregar um cuidado maior na seleção de materiais para o acabamento interno. Para um hatch compacto premium como é o caso do Polo, ele merecia uma cabine um tanto quanto mais nobre em especial porque está longe do segmento de entrada. Um modelo tão recente quanto ele, como é o caso do Fiat Argo, conta com um padrão de acabamento mais convincente em todas as versões. Uma incoerência no caso do Polo 1.6 automático é que falta até mesmo a regulagem de altura para a coluna de direção, algo que encontramos no Gol 1.6 automático, modelo que atua em uma faixa de preço mais baixa.

Conta a favor do Polo, contudo, sua arquitetura modular bem avançada e que confere bom nível de integridade estrutural para a proteção dos passageiros. O nível de espaço interno e o porta-malas de 300 litros do Polo estão em sintonia com os hatches compactos mais modernos.

Em resumo, o Polo 1.6 MSI automático é uma boa escolha para um determinado tipo de público muito específico, que não deseja recursos de conforto e comodidade muito avançados (e também aceita um acabamento mais simples para o interior) e olha apenas para os atributos mecânicos em um carro, no caso do hatch o câmbio automático e um motor tradicional, mas que atenda a maior parte do uso. Se esse é o seu caso ou você é um cliente PcD que deseja gastar pouco, aí sim vale a pena a escolha.  

Ficha técnica

Volkswagen Polo 2018 MSI 1.6 16V flex automático 4p
Preço R$ 62.690 (12/2018)
Categoria Hatch compacto
Vendas em 2017 9.522 unidades
Motor 4 cilindros, 1598 cm³
Potência 110 cv a 5750 rpm (gasolina)
Torque 15,8 kgfm a 4000 rpm
Dimensões Comprimento 4,057 m, largura 1,751 m, altura 1,468 m, entreeixos 2,565 m
Peso em ordem de marcha 1083 kg
Tanque de combustível 52 litros
Porta-malas 300 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/