Toyota Corolla já tem duas versões acima de R$ 100.000

Líder com folga do segmento em 2016, Toyota reposiciona o Corolla de acordo com os novos preços da categoria
Toyota Corolla 2017

Toyota Corolla 2017 | Imagem: Divulgação

Amparada na boa reputação e no sucesso que o Corolla conquistou com o público brasileiro, a Toyota se sentiu confortável em dar uma belo empurrão em sua lista de preços para o modelo neste ano. Pegando carona nas novas gerações de Chevrolet Cruze e Honda Civic, que por si só já elevaram o preço médio da categoria, a Toyota agora conta com duas opções do Corolla tabeladas acima da fronteira dos seis dígitos, no caso a Dynamic (R$ 101.990) e a Altis (R$ 110.990). 

Nada mais do que um Corolla XEi com apelo mais esportivo, como o acabamento em preto nos retrovisores e rodas sugero, o Corolla Dynamic sequer oferece mais recursos de segurança ou conforto. A versão Altis, por sua vez, até que acrescenta equipamentos como o farol baixo de LED, airbags do tipo cortina e chave presencial com partida por botão. Mas, pelo menos por enquanto, ainda nada de recursos mais importantes, com o controles de tração e estabilidade.

Se tomarmos como exemplo as versões de Chevrolet Cruze e Honda Civic que não ultrapassam os R$ 100.000, o cenário fica ainda mais difícil para justificar a “inflação” nos preços do Corolla, uma vez que os concorrentes oferecem bem mais em termos de equipamentos.

O Honda Civic EX está nas lojas por R$ 98.400 e também conta com câmbio automático CVT e motor 2.0 16V flex, mesmo conjunto dos Corolla Dynamic e Altis. O Civic, porém, conta não só com um conjunto mecânico mais sofisticado, com destaque para a suspensão traseira multibraço, como também sai de fábrica com os controles de tração e estabilidade, 6 airbags, rodas de liga leve aro 17”, dentre outros.

A mesma situação se repete no Cruze, em especial se partirmos para o topo da gama. Por R$ 111.890 (versão LTZ com todos os opcionais), portanto apenas pouco mais do que o cobrado no Corolla Altis, o sedã médio da Chevrolet dá um show um termos de equipamentos. Estão na lista recursos como os assistentes de estacionamento e permanência em faixa, farol alto adaptativo, alerta de colisão frontal e ponto cego, dentre outros. Você também leva os controles de estabilidade e tração, além do serviço de telemática OnStar.

Mas se engana quem acha que a Toyota sofreu alguma retração nas vendas do Corolla devido aos novos preços. Segundo dados da Fenabrave, até o momento o Corolla registra 2.888 unidades vendidas, seguindo de vento em popa na liderança do segmento. Para mostrar a popularidade do Corolla nas lojas, basta dizer que ele está na frente em vendas até mesmo de modelos bem mais baratos como o Renault Sandero e o Volkswagen Fox.

Mas e você, o que acha dos preços do Toyota Corolla? Comente e participe!