A Toyota interromperá, pela quinta vez, sua produção na fábrica de Indaiatuba (SP), que tem sofrido paralisações desde abril. A interrupção, que ocorrerá na próxima sexta-feira (8), é uma adequação à falta de peças procedentes do Japão. Segundo a empresa, a paralisação não acarretará em demissões.

Além da fábrica de Indaiatuba – responsável pela linha Corolla – a Toyota suspenderá as atividades na planta de Zárate (Argentina), onde produz as linhas Hilux e SW4. Por lá, no dia 15, não haverá segundo turno, enquanto nos dias 20, 21 e 22 a paralisação será total. Somando as duas plantas, a montadora emprega 7.100 funcionários.

Ainda de acordo com a Toyota, a construção da unidade de Sorocaba (SP) segue seu cronograma normalmente.

Rodrigo Mora

|