Toyota retoma liderança mundial em 2012

Montadora superou perdas do tsunami no Japão em 2011 e emplacou 9,75 milhões de carros; GM e VW vêm sem seguida

A Toyota vendeu 9,75 milhões de carros em 2012 | Imagem: Toyota

Após perder a liderança do mercado global de automóveis em 2011, a Toyota está de volta ao topo. O grupo japonês emplacou 9,75 milhões de veículos em todo mundo em 2012, deixando para trás a General Motors, com 9,29 mi, e Volkswagen, que somou 9,07 mi no mesmo período.

O resultado surpreende, pois mostra a rápida recuperação da Toyota ao enfrentar os problemas decorrentes do terremoto e tsunamis de 11 de março de 2011 no Japão. O desastre danificou linhas de montagem de carros e de fornecedores da marca no país, o que acabou prejudicando não só as fábricas japonesas, mas também toda cadeia produtiva mundial da empresa, que sofreu com a falta de componentes japoneses.

Boa parte do retorno da Toyota à liderança deve-se a boa recuperação do mercado norte-americano, que vem retomando pouco a pouco seu antigo e voraz ritmo de vendas, e a China, cuja indústria automobilística cresce de maneira frenética. Nesse mercado, porém, a marca registrou seu primeiro resultado negativo após uma sequencia positiva que vinha desde 2002. O motivo foi a disputa entre China e Japão pelas ilhas do arquipélago Senkaku/Diaoyo, que inspirou um movimento contra produtos japoneses no maior mercado automobilístico do mundo.

Também colaborou o Japão, que teve alta de 35% no setor e possibilitou a Toyota emplacar 2,41 milhões de carros. Na Europa a procura por carros híbridos fez a marca japonesa crescer mais 2% na região e fechar 2012 com 837.969 veículos vendidos.

Balanço geral

Ainda não são todas as montadoras que já divulgaram seus números referentes a 2012, mas com o que se tem já é possível traçar um panorama. Logo atrás do trio Toyota/GM/VW, o próximo na lista de vendas globais é a parceria entre Renault-Nissan, que hoje são dirigidas pelo mesmo executivo – Carlos Ghosn -, dividem plataformas e compartilham linhas de montagem pelo mundo. A Nissan, conforme seus próprios números, vendeu 4,94 milhões de automóveis no ano passado, ao passo que a Renault emplacou mais 2,50 milhões, totalizando 7,44 milhões de carros da aliança.

Em seguida vem a Hyundai, que em 2012 vendeu 4,4 milhões de automóveis pelo mundo. O número coreano, entretanto, pode aumentar se considerado também o volume de vendas da Kia Motors, que pertence ao mesmo conglomerado. Com mais 2,5 milhões de carros da Kia, o montante do grupo Hyundai chega a 6,6 milhões.

A sexta posição de 2012, desta vez de acordo com dados extra-oficiais, deve cair no colo da Ford, que teve um ano de forte recuperação com direito até a surpresa nos Estados Unidos, onde foi a única montadora a emplacar mais de 2,1 milhões de veículos. O esperado é que a montadora do oval azul supere a marca mundial de 5,5 milhões de unidades. 

Outra marca que aparece bem no top 10 mundial, mas somente como grupo, é a Fiat-Chrysler. Dados premilinares apontam para um volume total de 2012 foi de 4,2 milhões de automóveis vendidos. Logo atrás da aliança liderada pelos italianos aparece a Honda, que no ano passado vendeu 3,82 milhões de veículos. Completam as 10 primeiras posições o Grupo PSA Peugeot-Citroën, com 2,82 milhões de carros emplacados, e a Suzuki, que alcançou 2,72 milhões de carros vendidos no ano passado.

Ranking mundial de vendas em 2012:

 

Marca Unidades vendidas
Toyota 9,75 milhões
General Motors 9,29 milhões
Volkswagen 9,07 milhões
Renault/Nissan 7,44 milhões
Hyundai/Kia 6,60 milhões
Ford 5,50 milhões*
Fiat/Chrysler 4,20 milhões*
Honda 3,82 milhões
PSA Peugeot-Citroën 2,82 milhões
Suzuki 2,72 milhões

 * vendas estimadas

Assine a newsletter semanal do AUTOO!