Usados em alta: até modelos com 10 anos estão ficando mais caros

Movimento de alta no preço dos usados seguiu firme em fevereiro
Chevrolet Zafira 2012

Chevrolet Zafira 2012 | Imagem: Divulgação

A KBB Brasil revelou nesta semana alguns dados do seu Monitor de Variação de Preços que revelam como o segmento de carros seminovos e usados continua aquecido no país em decorrência da pandemia.

Segundo a pesquisa da empresa especializada na precificação de automóveis, os carros usados, com idade entre 4 e 10 anos, tiveram reajuste de 2,09% em média no mês passado. Seminovos e usados variaram com menor força, mas ainda apontam acréscimo nos preços médios. 

Fato que chamou a atenção no Monitor de Variação de Preços da KBB Brasil diz respeito aos usados mais antigos. De acordo com o estudo, automóveis com 10 anos de uso (ano/modelo 2011) ficaram 3,25% mais caros em fevereiro deste ano. 

Já observando o comportamento dos modelos seminovos (com até 3 anos de uso), a maior variação ficou a cargo dos 2021, com 1,88% em média, sendo 1% o acréscimo médio considerando os anos modelo de 2021 a 2018, detalha a KBB Brasil

Estes comportamentos aconteceram num contexto ainda aquecido do segmento de veículos usados. De acordo com dados da Fenauto (federação dos revendedores), o mês de fevereiro deste ano foi 2,3% superior em transações se comparado a janeiro anterior (com 1.188.275 unidades comercializadas), além de ter sido 15,2% melhor do que o mesmo mês de 2020 (quando ainda não havia impactos da pandemia). 

"Reajustes médios abaixo de 1% costumam apontar certa estabilidade no comportamento dos preços, contudo, no caso dos carros novos, a média de 0,84% de variação identificada em fevereiro mostra uma tendência de alta contínua de preços para esta categoria que se estende há seis meses, desde setembro de 2020. Analisando de maneira mais aprofundada, observamos que os modelos 2022 foram os maiores responsáveis por puxar a média de variação dos carros 0 km, uma vez que, neste caso, a alta para o período foi de 2,14%", conclui a KBB Brasil. Segundo a empresa, foram analisadas 28.231 versões para elaborar a edição do Monitor de Variação de Preços de fevereiro de 2021. 

Volkswagen T-Cross 2021
Seminovos 2021 contam com procura elevada e aumento no preço praticado no mercado
Imagem: Divulgação