Volkswagen lança Gran Lavida em Xangai

Perua é uma versão moderna da antiga Quantum; carro é exclusivo para a China

Volkswagen Gran Lavida | Imagem: Volkswagen

A edição deste ano do Salão de Xangai, na China, está em clima de nostalgia. Enquanto a Ford apresenta o novo Escort, a Volkswagen ataca em outra ponta com o Gran Lavida, que para os brasileiros pode ser entendido como o retorno da clássica perua Santana Quantum, que foi produzida no Brasil entre 1985 e 2003.

Baseada no Lavida, o Santana chinês (que por sinal é o carro mais vendido na China), o veículo familiar utiliza a mesma plataforma do Jetta da geração passada (PQ34) e conta com opções de motor 1.6, 2.0 e 1.4 TSI (turbo com injeção direta de gasolina) de 140 cv.

Segundo a divisão chinesa da VW, o Gran Lavida chega ao mercado ainda neste ano, mas sua atuação será exclusiva para a China, por isso não espere pelo retorno da Quantum ao Brasil.

Visualmente, a perua repete o desenho frontal do sedã, com formatos anatômicos e linhas retas que dão ao carro um ar de esportividade. Já a parte traseira do Gran Lavida, como vem observando os jornalistas em Xangai, é quase igual a do novo Audi A3, especialmente no design das lanternas com LEDs – para quem não sabe, a Audi pertence a Volks.

Enquanto a “nova Quantum” é descartada para o Brasil, o novo Santana chinês já está preparando o seu visto de entrada para o mercado nacional. Carro global da VW para mercados emergentes, o modelo chega ao País, conforme apurou o AUTOO, no segundo semestre deste ano. O carro ficará posicionado entre os sedãs Voyage e Jetta.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!