Avaliação: Volkswagen Taos é ''o Jetta dos SUVs'', dizem mexicanos

Novidade da marca já é comercializada no México. Por lá, impressionou pela oferta de equipamentos e espaço interno
Volkswagen Taos 2021

Volkswagen Taos 2021 | Imagem: Divulgação

A Volkswagen confirmou que o Taos será comercializado no Brasil em meados de 2021. Enquanto isso não acontece, o novo SUV acaba de ser lançado oficialmente no México e já foi alvo da avaliação da imprensa especializada por lá. Um dos veículos que já andou no carro foi o site Motorpasión. Naquele país, a novidade é comercializada em três versões, com preços variando entre 449.990 pesos mexicanos (R$ 115,6 mil) e 535.990 pesos (R$ 137,8 mil).

O que ele tem?

A versão Trendline de entrada já traz itens como seis airbags, controle de estabilidade, chave presencial, acendimento automático dos faróis, rodas de 18 polegadas, câmera de ré, faróis de LED, monitor de pressão dos pneus, painel de instrumentos com tela digital de 8 polegadas, carregador de telefone sem fio e multimídia com tela de 6,5 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Também aposta em segurança com alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência e monitor de ponto cego. 

A versão intermediária Comfortline acrescenta equipamentos como saída de ar-condicionado para o banco traseiro, volante revestido de couro, rodas de 18 polegadas com desenho diferente, acabamento emborrachado para o painel, bancos de couro, sensor de estacionamento traseiro, saída USB adicional e a central multimídia VW Play tela de 10 polegadas e que possibilita o uso de Apple CarPlay sem fio, ainda que o Android Auto permaneça exigindo cabo.

Volkswagen Taos 2021
Detalhe da grade iluminada no Volkswagen Taos Highline
Imagem: Divulgação

Por último, a Highline agrega ainda costuras no painel e nas portas, teto solar panorâmico, iluminação ambiente, retrovisor interno eletrocrômico, ar-condicionado automático de duas zonas, rodas pintadas de duas cores, faróis com projetores e assinatura luminosa de LED na grade. Foi esta versão que os mexicanos avaliaram.

Por lá, todas as configurações trazem o mesmo conjunto mecânico. O Taos sempre traz sob o capô o motor 1.4 TSI com 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. O câmbio é o automático de seis marchas em todas as versões e a tração ocorre apenas nas rodas dianteiras. Com 4,46 m e utilizando uma variação da plataforma MQB, o modelo serve de ponte entre os atuais T-Cross e Tiguan Allspace oferecidos tanto no México como no mercado brasileiro. 

O que estão falando do VW Taos?

Volkswagen Taos 2021
Cabine do Volkswagen Taos
Imagem: Divulgação

O primeiro apontamento que os mexicanos fizeram sobre o novo SUV é em relação ao visual. Foi dito que o modelo traz linhas fortes e robustas, mas mantendo a identidade familiar já vista em todos os produtos da Volkswagen. Sobre a cabine, a versão Highline aparentava fornecer o melhor acabamento entre as opções, graças ao maior uso de materiais emborrachados, mas no geral, o carro fazia alto uso de plásticos rígidos.

Volkswagen Taos 2021
Volkswagen Taos 2021
Imagem: Divulgação

No geral, esta foi a única crítica ao interior do VW Taos, uma vez que o espaço interno, principalmente no banco traseiro, foi amplamente elogiado, incluindo o porta-malas. Foi feita a comparação da novidade com o Toyota RAV4 em termos de acomodações, mesmo o modelo da marca japonesa sendo maior e mais caro. Outro elemento que, na opinião dos mexicanos, compensava o acabamento simples da cabine foi a amplitude de equipamentos de segurança e de assistência à condução que o modelo oferece.

Sobre a dinâmica, foi visto que o Taos tinha os comando precisos de direção de qualquer outro produto da Volkswagen com a plataforma MQB, fazendo até a comparação de que a novidade era o “Jetta dos SUVs”. No entanto, a carroceria mais alta gerava uma maior movimentação do carro em curvas, uma vez que o modelo foi pensado para conforto e para atender a um grande leque de consumidores ao redor do mundo.

Sobre a motorização, os mexicanos afirmaram que não havia muito a acrescentar, uma vez que o 1.4 TSI já é um velho conhecido por lá, assim como a caixa automática de seis velocidades. No entanto, foi dito que o peso um pouco maior do Taos deixou mais evidente uma pequena hesitação do propulsor na hora de responder ao acelerador em baixas rotações, mas nada grave. A 110 km/h, o modelo trafega com o motor a 2.000 rpm, o que pode facilitar viagens mais longas.

Na conclusão, afirmou-se que o Volkswagen Taos tem ao seu favor a grande oferta de equipamentos de segurança de série, o conforto ao rodar e o espaço interno. Com exceção ao acabamento da cabine, será um SUV muito importante para marca por lá, com potencial de vender bem e incomodar a concorrência.

Volkswagen Taos 2021
Volkswagen Taos 2021
Imagem: Divulgação