Volvo confirma novos modelos para suceder o V40

Marca também vai aumentar a capacidade de produção do XC40 com unidade na China
Volvo V40 2017

Volvo V40 2017 | Imagem: Divulgação

Com forte investimento dos chineses da Geely e uma gama que caminha para a renovação completa, a Volvo está repleta de boas notícias.

Segundo informação apurada pelo Automotive News Europe publicada nesta quinta-feira (24), a marca sueca vai ampliar a capacidade produtiva do XC40 utilizando uma das fábricas do conglomerado em Luqiao, na China.

Outra boa nova confirmada por uma porta-voz da empresa é que a Volvo prepara “uma gama de novos modelos” para suceder o V40, hatch médio que já carece de uma renovação sobretudo com concorrentes mais modernos despontando no mercado como é o caso da nova geração do Mercedes-Benz Classe A.

A porta-voz da Volvo não deu muitos detalhes sobre esses novos modelos, mas antecipou algo importante, no caso que a gama renovada da série 40 não contemplará um hatch. Os futuros modelos da família de compactos da Volvo utilizarão a nova plataforma CMA (Compact Modular Architecture), a mesma que já sustenta o projeto do XC40.

No campo dos rumores, um desses produtos poderá ser um sedã compacto do porte de um Audi A3 Sedan, por exemplo, segmento de mercado que parece interessante para as marcas de luxo ao proporcionar modelos que funcionam como uma atraente porta de entrada para suas gamas.

Certamente essa nova família de compactos deverá ser oferecida no Brasil até mesmo pelo preço mais competitivo. Como já se sabe, a Volvo vai oferecer toda sua linha no Brasil e almeja conquistar uma participação cada vez maior em nosso mercado. Só neste em 2018, a Volvo espera quase dobrar suas vendas no Brasil. Globalmente, a sueca deseja comercializar cerca de 800 mil carros por volta de 2020, um salto considerável medidante as 571.000 unidades emplacadas ao redor do mundo em 2017. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!