Volvo XC40 Recharge Pure Electric chega ao Brasil por R$ 389.950

Primeiro modelo 100% elétrico da marca, SUV estreia pré-venda com condições vantajosas
Volvo XC40 2021

Volvo XC40 2021 | Imagem: Divulgação

A Volvo lançou nesta terça-feira (18) o XC40 Recharge Pure Electric no Brasil. Trata-se do primeiro modelo 100% elétrico da fabricante sueca, que terá preço sugerido de R$ 389.950 durante a pré-venda a partir de hoje. As primeira unidades do SUV serão entregues aos seus donos em setembro, quando as vendas regulares da novidade terão início. 

Com o novo conjunto mecânico denominado pela Volvo de P8, o XC40 Recharge Pure Electric conta com dois motores elétricos, um em cada eixo, para conferir ao SUV tração integral. As duas unidades entregam 413 cv de potência (408 hp) e a autonomia do SUV é de 418 quilômetros, destaca a Volvo. De acordo com a marca, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. 

Durante a época de pré-venda, a Volvo vai oferecer condições interessantes aos primeiros consumidores do XC40 Recharge Pure Electric. Entre os diferenciais figuram os 3 anos de garantia completa (2 anos nos demais carros da marca), Volvo Wallbox com a instação inclusa e um Google Nest, todos os itens sem custo adicional ao proprietário do carro. A Volvo também vai conceder aos primeiros clientes do seu SUV totalmente elétrico todo o pacote de manutenção e serviços grátis por 3 anos. Para o conjunto do sistema propulsor, a marca oferece 8 anos de garantia ao XC40 Recharge Pure Electric. 

Bem equipada, a configuração totalmente elétrica do Volvo XC40 conta com recursos como o monitoramento de pontos cegos, assistente de permanência em faixa (Lane Keeping Aid), alerta de tráfego cruzado na parte traseira do carro (Cross Traffic Alert), alerta de colisão com frenagem autônoma capaz de detectar outros veículos, pedestres, ciclistas e animais de grande porte. O XC40 elétrico conta ainda com o Pilot Assist, recurso de condução semi-autônoma que combina o piloto automático adaptativo com o assistente de permanência em faixa para manter o SUV na trajetória correta em uma rodovia, mantendo a distância de segurança para o automóvel a frente de forma automática. 

A Volvo espera comercializar 300 unidades do XC40 Recharge Pure Electric ao longo deste ano no país, que deverá responder por 15% das vendas do SUV no Brasil. A versão mais procurada do XC40 tende a ser a Inscription com motorização híbrida plug-in, a qual conta com uma participação de 40% nos emplacamentos do modelo. O catálogo Momentum, mais acessível e tabelado em R$ 259.950, responde por 30% das vendas do XC40. Ele também conta com o mesmo conjunto híbrido plug-in presente na versão Inscription, que é capaz de conferir ao SUV cerca de 45 km de alcance em modo elétrico. 

Volvo só terá portfólio eletrificado no Brasil 

No mesmo evento em que anunciou a importação do XC40 Recharge Pure Electric ao Brasil, a Volvo também confirmou que só vai oferecer automóveis eletrificados no país a partir de agora. “Esse é um momento histórico. Somos a primeira marca do Brasil a tirarmos de nossa gama todos os modelos à combustão. Agora nossa linha é 100% eletrificada, com todos os modelos com, ao menos, um motor elétrico”, declarou João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo Car Brasil. 

Com uma estratégia que está se mostrando vencedora dentro do segmento premium, a Volvo atualmente responde por 40% das vendas de veículos eletrificados no Brasil. “Se considerarmos somente os modelos híbridos plug-in, aqueles que podem ser carregados na tomada e abastecidos no posto de combustível, 7 a cada 10 carros comercializados no Brasil é um Volvo”, destaca Oliveira. Entre todos os países que comercializam Volvo no mundo, o Brasil, juntamente com a Noruega, são os primeiros a abolirem os veículos à combustão de seu portfólio, pontua a fabricante em comunicado. 

Para estimular a implementação dos veículos eletrificados no Brasil, a Volvo também vai incrementar seus investimentos em infraestrutura, instalando 1.000 eletropostos gratuitos por todo o território nacional. Segundo a fabricante, os pontos de recarga estão interligados ao Waze e Google Maps e podem ser utilizados por veículos de qualquer marca e modelo. 

Além disso, a Volvo também lançará uma plataforma com foco em síndicos profissionais, gestoras de condomínio e incorporadoras para a instalação de 300 carregadores em edifícios de escritórios corporativos e residenciais com subsídio de instalação pela marca. Na primeira fase, a marca pretende atingir cerca de 60 empreendimentos em todo o Brasil, instando, em média, cinco carregadores em cada um. A previsão é que a plataforma esteja funcionando a partir de julho. 

Em escala global, a Volvo quer tornar-se líder no mercado de carros elétricos premium, oferecendo somente automóveis elétricos a partir de 2030. Já em 2025, a meta é que 50% das vendas globais da empresa sejam de carros totalmente elétricos, com o restante em híbridos.

Volvo: toda a gama será eletrificada no Brasil
Volvo: toda gama vendida no Brasil passa a ser oferecida somente com propulsão eletrificada 
Imagem: Divulgação