VW do Brasil vai trocar Golf alemão por versão mexicana

Modelo fabricado no México chegará ao País até o final de 2014; pagando menos impostos, preços podem ser reduzidos

Volkswagen Golf VII | Imagem: Volkswagen

O Golf VII à venda no Brasil é importado da Alemanha há menos de um ano e e em breve passará a vir também do México. A medida, segundo a divisão da Volkswagen no País, é para suprir a grande demanda pelo modelo. Com a mudança, o Golf não pagará impostos de importação, já que o governo brasileiro possui um acordo de livre comércio de automóveis com o país na América do Norte. Sendo assim, o preço do modelo, que atualmente parte de R$ 67.790, tem chances de ser reduzido. No entanto, a importação obedecerá a uma cota estabelecida pelos governos dos dois países.

Como explica a VW, o Golf continua sendo importado da Alemanha e até o final ano o modelo passará a ser importado de forma “temporária” do México. Após essa fase, conforme já anunciou a marca anteriormente, o modelo será enfim produzido no Brasil no primeiro semestre de 2015.

Veja mais: Novo Golf agora acelera e freia sozinho

A mudança do modelo alemão pelo mexicano, todavia, não deverá alterar significativamente os pacotes de equipamentos do carro, que é oferecido na Europa e América do Norte em configurações muito parecidas, com diferenças apenas nas partes de motorização. Nesse caso, o Golf VII manterá as opções Comfortline e Highline com motor 1.4 com câmbio manual ou DSG, além da versão esportiva GTI, que também é fabricada no México, com motor 2.0 turbo.

Um dos itens ausentes no Golf mexicano, mesmo na versão top de linha, é o freio de estacionamento automático, que acaba sendo substituído por uma alavanca convencional. Detalhes de acabamento também podem mudar, limitando-se a duas cores para os bancos (preço ou bege), enquanto o modelo alemão ainda tem o marrom.

Em 2014, o Golf ocupa a 2ª posição entre os hatches mais vendidos, mesmo sendo trazido da Europa. O primeiro lugar é do novo Focus, da Ford.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!