VW Polo Track encara o rival Peugeot 208 Style. Qual vence?

Por quase o mesmo preço, os dois hatches 1.0 travam uma disputa acirrada entre eficiência e estilo
VW Polo Track e Peugeot 208 Style:  de um lado o "herdeiro" do  Gol e do outro o novo rival que chega com uma série de qualidades

VW Polo Track e Peugeot 208 Style: de um lado o "herdeiro" do Gol e do outro o novo rival que chega com uma série de qualidades | Imagem: Carlos Guimarães

Os SUVs dominam as vendas atuais, com 45,8% de participação no acumulado de janeiro a agosto, de acordo com dados da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), mas em seguida vêm os hatches compactos (27,2%). Então, decidimos colocar lado a lado dois modelos do segmento que estão sob a luz dos holofotes hoje em dia: o Volkswagen Polo Track (R$ 86.390) e o Peugeot 208 Style (R$ 86.990).

VEJA TAMBÉM:

O Polo Track disputa com o Chevrolet Onix a liderança das vendas em 2023 em uma briga cujo vencedor será conhecido apenas no último dia do ano. O modelo da marca alemã, considerado o "herdeiro" do Gol, tem um conjunto eficiente e robusto, além de ter bom espaço interno. Já o Peugeot chegou como uma opção mais estilosa e descolada sem deixar de ser econômico e bem equipado.

No hatch da Volkswagen a ordem parece ter sido entregar um carro capaz de enfrentar o dia a dia com robustez, gastando o mínimo possível e pelo menor preço. Então, faróis e lanternas são convencionais e não de LED, os pneus são borrachudos 185/65R 15 montados em rodas de ferro, ar-condicionado é analógico e os ângulos de entrada e saída são compatíveis com as lombadas e valetas espalhadas por aí.

Por outro lado, o desafiante Peugeot 208 quer ser mais ousado. Por praticamente o mesmo valor do concorrente tem um desenho mais arrojado, com luzes diurnas de LED embutidas no para-choque como se fossem os dentes pontudos do leão, rodas de liga-leve pintadas de preço brilhante, teto solar panorâmico, carregador de celular por indução, sensores nos para-choque traseiros, entre outros itens.

Diante disso, a Volkswagen notou que faltou pelo menos oferecer uma central multimídia no lugar do rádio convencional Media Plus II. Então, a partir de meados de agosto, passou a disponibilizar o pacote "Interatividade Composition Touch", por R$ 650 extras. Vem com tela de 6,5” sensível ao toque e suporte para conexão com Android Auto e Apple CarPlay.

Mesmo assim, quando o assunto é nível de equipamentos, o 208 Style leva vantagem na comparação como Polo Track, que fica devendo câmera de ré, repetidores laterais das luzes de direção, comandos elétricos dos vidros traseiros e dos retrovisores externos, luzes no porta-malas e no porta-luvas e indicador de temperatura externa, entre outros itens.

VW Polo Track vem com lanternas escurecidas, mas o Peugeot  acaba sendo mais caprichado quando o assunto é visual
VW Polo Track vem com lanternas escurecidas, mas o Peugeot acaba sendo mais caprichado quando o assunto é visual
Imagem: Carlos Guimarães

Na  prática, claro que é bom ter sofisticação, mas embora o consumo de ambos seja parecido, o Polo tem mais autonomia e desenvoltura para andar pelas ruas e estradas cheias de obstáculos e imperfeições pelo caminho. Vamos aos números: conforme o Inmetro, o VW faz 9,3 km/l de etanol na cidade e 10,5 km/l na estrada, quase o mesmo que o 208 - 9,6 km/l e 11,1 km/l, respectivamente. 

Mas com tanque de 55 litros, no lugar dos 47 litros do Peugeot, o VW vai um pouco mais longe: 485 km em trechos urbano e 546 km em rodoviários, ante 451 km e 522 km do 208, que é um pouco mais baixo que o rival e exige mais cautela em pisos irregulares e com obstáculos. Com pneus de perfil mais baixo (195/55R 16), o hatch da marca francesa vai bem em uma pegada mais esportiva em piso bem conservados, enquanto que o Polo fica no meio termo.

Em contrapartida, o Polo tem relação entre peso potência mais favorável (12,6 kg/cv ante 14,7 kg/cv), o que o torna um pouco mais ágil nas acelerações. Conforme dados das fabricantes,o VW pode ir de 0 a 100 km/h em 13,4 segundos, ante 14,5 segundos do Peugeot, cujos engates do câmbio manual de cinco marchas não são tão fáceis e precisos quanto os do Polo.

O fôlego extra do Volkswagen vem do cabeçote com duplo comando e quatro válvulas por cilindro, que acaba rendendo 84 cv e 10,3 kgfm de torque a 3.000 rpm contra 75 cv e 10,7 kgfm a 3.250 rpm do Peugeot. O 208 ainda assim tem um desempenho bem próximo do rival, mas com uma sensação de esportividade um pouco maior pela posição de dirigir mais baixa, com volante achatado não só com a base mas com a parte de cima e o cluster mais alto.

Entretanto, o Polo acomoda um pouco melhor os passageiros de trás, com mais espaço tanto para as pernas quanto para as bagagens, com um porta-malas de 300 litros contra 265 litros do 208. O Peugeot é mais indicado para quem procura um hatch compacto econômico, estiloso, mas não precisa de tanto espaço e vai andar a maioria do tempo em vias bem conservadas. 

Os custos de manutenção, seguro, IPVA, além dos prazos de garantia de ambos são compatíveis, com uma leve vantagem do Polo nos custos das revisões até 60 mil km (R$ 5.133 contra R$ 5.686). A briga entre os dois é mesmo bem acirrada, mas em se tratando de versões aspiradas em que a praticidade pesa bastante, o Polo acaba sendo uma escolha mais adequada. 

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

SUVs coadjuvantes em vendas podem ser opção para os best-sellers Creta e T-Cross
Aviação
Primeiro caça Gripen brasileiro vai voar em 2025

Primeiro caça Gripen brasileiro vai voar em 2025

Saab e Embraer estão montando no interior de São Paulo primeiro jato supersônico da FAB que será finalizado no Brasil
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções