VW Tiguan Allspace 2019 parte de R$ 124.990

Modelo agora tem opção 7 lugares e chega com motores 1.4 TSI flex e 2.0 TSI
Volkswagen Tiguan 2019

Volkswagen Tiguan 2019 | Imagem: Divulgação

A Volkswagen adotou uma estratégia de preços bem agressiva para a segunda geração do Tiguan no Brasil, que chega ao país em sua opção Allspace com entre-eixos longo e configurações de 5 e 7 lugares. Com essa decisão, a marca alemã prepara-se para acomodar em sua linha o SUV fruto do projeto Tarek, que será produzido na Argentina e vai ser bem semelhante ao Jeep Compass em termos de tamanho.

Agora importado do México, o que naturalmente já confere bem mais competitividade comercial ao SUV, o novo Tiguan Allspace vai partir de R$ 124.990 em sua versão de entrada batizada de 250 TSI, marcando um novo posicionamento da VW em realçar o torque de seus motores mais eficientes ou, no caso, os 250 Nm (25,5 kgfm) produzidos pelo motor 1.4 TSI flex. 

Utilizando a plataforma modular MQB, o Tiguan Allspace mostra-se um modelo muito mais versátil em relação à primeira geração do utilitário esportivo. Na configuração agora destinada ao Brasil, o Tiguan Allspace alcança 4,70 m de comprimento, portanto 27,4 cm a mais que o Tiguan anterior. A largura passou para 1,83 m enquanto a altura, por sua vez, foi reduzida em 7 mm e agora fica em 1,65 m. O entre-eixos da carroceria Allspace representa uma evolução considerável até mesmo para entregar bom nível de espaço interno aos 7 ocupantes dependendo da versão. Com isso, o Tiguan Allspace ostenta 2,79 m entre os eixos dianteiro e traseiro, portanto 18,5 cm a mais do que o Tiguan de primeira geração.

Cada versão do Tiguan Allspace no mercado brasileiro contará com diferenças estéticas que contempla até mesmo a lente dos faróis e o tamanho das rodas de liga leve, que contam com aro 17” na opção de entrada 250 TSI, 18” na intermediária Comfortline 250 TSI e ostentam aro 19” na topo de linha e esportiva R-Line 350 TSI. 

Outra notável evolução do Tiguan Allspace vai para o porta-malas. Nas configurações 5 lugares, o compartimento permite acomodar 710 litros de bagagem, uma evolução de 240 litros em relação ao Tiguan anterior. Nas opções 7 lugares e com apenas duas fileiras de bancos montadas, o porta-malas ainda é exemplar e pode acomodar 686 litros. Com as três fileiras, o volume cai para 216 litros.

Independente do número de lugares, a segunda fileira de assentos no Tiguan Allspace permite que os passageiros controlem a inclinação do encosto e ela também pode ser deslocada para frente ou para trás em 18 cm, o que permite liberar ainda mais espaço no porta-malas ou valorizar a área para as pernas dos passageiros.

As opções de entrada e intermediária do Tiguan Allspace destinadas ao Brasil recebem o motor 1.4 TSI produzido no Brasil, na fábrica de São Carlos (SP). Ele é flex e pode entregar até 150 cv e, como dito no início do texto, 25,5 kgfm de torque tanto com etanol como gasolina. O propulsor ainda conta com o reforço do start-stop de segunda geração, que desliga o motor quando o carro está freando e já encontra-se em velocidade abaixo de 7 km/h, melhorando ainda mais a economia de combustível na cidade. O câmbio que trabalha junto com motor 1.4 TSI no Tiguan Allspace destinado ao Brasil será o de dupla embreagem com 6 marchas. A caixa DQ250 é imersa em óleo e promete alta eficiência e durabilidade. Com motorização 1.4 TSI, a tração ocorre somente nas rodas dianteiras. De acordo com dados da VW, o Tiguan Allspace 1.4 TSI atinge 100 km/h em 9,5 segundos e chega até 198 km/h seja com etanol ou gasolina.

A opção topo de linha R-Line 350 TSI, por sua vez, é movida pelo 2.0 turbo de 220 cv também presente no Golf GTI. Ele mescla injeção direta e indireta, dentre outros refinamentos, para entregar até 350 Nm de torque, ou 35,7 kgfm. No Tiguan Allspace, ele trabalha em conjunto com a transmissão de dupla embreagem banhada em óleo com 7 marchas. Também cabe a ela gerenciar o sistema de tração integral 4Motion presente na versão mais potente. Com esse conjunto, o Tiguan Allspace R-Line é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em rápidos 6,8 segundos e alcança 223 km/h.

A gama VW Tiguan Allspace 2019 no Brasil fica distribuída da seguinte forma em termos de preço e equipamentos:

Tiguan Allspace 250 TSI 5 lugares – R$ 124.990
De série a versão oferece: rack de teto, moldura das janelas em preto, rodas de liga leve aro 17” com pneus 215/65 R17, aplicações decorativas em prata titânio no interior, revestimento dos bancos em tecido embossado preto, volante multifuncional revestido de couro, ar-condicionado digital Climatronic com três zonas de resfriamento (duas na dianteira e uma atrás do apoia-braço central, voltada para os bancos traseiros), freio eletrônico de estacionamento com função Auto-Hold, central multimídia com navegador e suporte aos principais sistemas de conectividade com smartphones, sensores de estacionamento na dianteira e na traseira, sensor de chuva, 6 airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina), controels de tração e estabilidade, detector de fadiga, indicador de perda de pressão dos pneus, faróis de neblina com a função cornering lights, dentre outros.

Tiguan Allspace Comfortline 250 TSI 7 lugares – R$ 149.990
De série: os equipamentos da opção de entrada mais elementos cromados como a parte superior do farol, barra de teto, a grade frontal, frisos laterais, contorno das janelas e as molduras das saídas de escapamento, faróis full LED com luzes diurnas, rodas de liga leve aro 18” (pneus 235/55 R18), revestimento dos bancos de couro (os dianteiros são aquecíveis), retrovisores externos e banco do motorista com ajustes elétricos e três memórias de posição, painel de instrumentos tem tela central colorida e iluminação para a região dos pés dos passageiros dianteiros, mesas dobráveis (do tipo avião) com porta-copos embutido atrás dos bancos dianteiros e a câmera de ré.

Tiguan Allspace R-Line 350 TSI 7 lugares – R$ 179.990
Itens de série: painel de instrumentos digital (Active Info Display), sistema Easy Open de abertura da tampa do porta-malas, farol alto automático, controle adaptativo de velocidade de cruzeiro (ACC), seleção de perfil de condução, sistema Kessy (de abertura de portas por aproximação da chave e partida por meio de botão), Pro Active, Front Assist, City Emergency Braking, tração 4MOTION, assistente de estacionamento de terceira geração (capaz também de retirar o carro das vagas), rodas de liga leve aro 19”, para-choque dianteiro exclusivo, logotipo “R-Line” na grade frontal e nos para-lamas dianteiros, dentre outros.

As vendas do novo Tiguan Allspace no Brasil começam em maio. Ele terá 3 anos de garantia integral e cinco opções de cores: sólida (Branco Puro), três metálicas (Vermelho Ruby, Prata Snow e Cinza Platinum) e uma perolizada (Preto Mystic). Condição interessante que a Volkswagen está promovendo para o Tiguan Allspace é o fato das três primeiras revisões do modelo já figurarem no custo do SUV. Com isso, o futuro proprietário não pagará nada a mais para as inspeções de 10 mil, 20 mil e 30 mil quilômetros. Segundo a VW, o custo médio das revisões dos modelos deste segmento é de R$ 1.465, portanto trazendo uma boa economia para o custo de propriedade.

O Autoo participa do lançamento do Tiguan Allspace no Brasil e trará ainda nesta semana nossas impressões a bordo do modelo