Acredite: já temos 1 milhão de HB20 rodando no Brasil

Hyundai atingiu a marca, que inclui os emplacamentos dos modelos HB20, HB20s e HB20x, após seis anos e meio de produção nacional
A cliente da Hyundai Carolina Camargo de Oliveira recebe o HB20 número 1 mihão: será mesmo que é só o começo?

A cliente da Hyundai Carolina Camargo de Oliveira recebe o HB20 número 1 mihão: será mesmo que é só o começo? | Imagem: Divulgação

Em 2012, a Hyundai era é a 8ª marca mais vendida no Brasil, pouco à frente da Citroën. Tratava-se de um feito afinal a marca sul-coreana não tinha fábrica no país, como suas rivais. Mas esse panorama estava prestes a mudar com a inauguração das instalações de Piracicaba, no interior de São Paulo, em setembro daquele ano.

Desde então, seu primeiro produto nacional, o HB20 virou figurinha fácil nas ruas e sua posição no ranking subiu, chegando a ser a 4ª marca mais vendida em 2016. E agora, seis anos e meio depois, a família HB20 (que inclui o sedan, o aventureiro e o próprio hatch) chega à impressionante marca de 1 milhão de unidades vendidas no Brasil.

Trata-se de um feito sem igual em nosso mercado sobretudo porque o HB20 era um produto inédito no mundo, com uma proposta que nada garantia que daria certo. Além do mais, a Hyundai não estava habituada a lidar com um público acostumado a comprar carros como o Gol, Palio ou Celta. Até ali, sua linha de veículos começava lá no alto com o i30, por exemplo.

Mas os coreanos souberam como nunca como acertar em cheio no coração dos brasileiros. É verdade que a Hyundai já gozava de um prestígio acima da média nessa época e isso ajudou a criar expectativa sobre um carro mais acessível.

 

Hyundai HB20 2013
O HB20 no lançamento em 2012: marca soube entender o desejo do consumidor
Imagem: Divulgação

 

No entanto, bastaria que o HB20 fosse um modelo sem graça e com interior pobre para essa vantagem ser perdida – que o diga a Toyota que seguiu essa filosofia também em 2012 e viu o Etios vender bem menos do que se esperava.

Só que foi justamente o contrário. A Hyundai teve a sacada de estudar a concorrência a fundo e bolar um compacto que somasse seu estilo tão desejado com uma mecânica e uma qualidade de construção superior à maior parte dos rivais.

O sucesso foi tão grande e veloz que a fábrica de Piracicaba passou a operar com uma espécie de 3º turno pouco tempo depois de ser aberta. Em 2014, nada menos que 180 mil unidades da família HB20 foram emplacadas no país. Desde 2017, com a introdução do SUV Creta, o volume caiu por incapacidade de produzir tantos veículos. Como a Hyundai não prioriza as vendas diretas para frotistas como a Chevrolet e a Ford, seus números são ainda mais significativos.

Um quase novo HB20 a caminho

O HB20 tornou-se vice-líder do mercado brasileiro em 2016, mas tem visto o Ka se aproximar ao mesmo tempo em que viu suas vendas caírem nos últimos dois anos. Ainda assim, a Hyundai fez pequenas melhorias no modelo deste então com uma reestilização de meia vida que pouco alterou seu estilo.

Mas a vida da atual geração do HB20 está chegando ao fim. A Hyundai lançará o novo compacto no segundo semestre com um visual em linha do estilo adotado nos carros no exterior. O novo HB20, o entanto, não será 100% novo. Segundo rumores, a montadora teria decidido utilizar a mesma plataforma e apenas modificar a carroceria e o interior.

Mesmo que essa arquitetura ainda seja atual, dependendo do nível de mudanças a Hyundai pode dar um tiro no pé. O brasileiro já não admite enganações como a que a Peugeot fez ao dar um tapa no visual do 206 e chamá-lo e 207. O consumidor busca algo realmente novo como tem feito a Volkswagen, a Fiat e neste ano a Chevrolet com o Onix, fruto de uma plataforma global inédita.

Ou seja, se o novo HB20 não confirmar as expectativas é provável que o próximo milhão, se ele vier existir, demore muito mais tempo.

Projeção de Kleber Silva para a segunda geração do Hyundai HB20
Como deve ficar o novo HB20: se Hyundai não convencer que o carro é realmente novo corre o risco de jogar fora o que conquistou
Imagem: Kleber Silva

Assine a newsletter semanal do AUTOO!