Audi renova todos os carros da linha A4

Além do facelift, motores também evoluem. Modelos chegam ao Brasil em 2012

Audi A4 Allroad | Imagem: divulgação

Respondendo ao lançamento da nova geração do BMW Série 3, a Audi atualizou de uma só vez toda a linha A4. Disponível nas versões sedã, Avant (perua) e os modelos esportivos S4 e Allroad, o carro recebeu alterações no visual e também na parte mecânica, que segundo a montadora está 11% mais eficiente no consumo de combustível em relação a gama anterior.

Na Europa, a série 2013 do veículo começa a ser vendida no primeiro trimestre de 2012. Já para o mercado brasileiro, de acordo com a marca, a previsão é que o A4 renovado chegue em meados do segundo semestre do próximo ano. 

A renovação visual aplicada no veículo segue o exemplo do cupê A5 mais recente, que por sua vez é inspirado no A3 Concept, a base da nova identidade visual da Audi. Os faróis reformulados agora possuem uma espécie de moldura de leds – antes era apenas um filete na parte inferior – e os para-choques redesenhados têm um aspecto mais esportivo.

Na traseira a mudança é mais discreta, limitando ao leve pronunciamento na quina da tampa do porta-malas, que lembra um pequeno aerofólio. As alterações na cabine também são mínimas. Os principais pontos são as novas opções de acabamento com texturas imitando madeira e o sutil deslocamento da tela no painel para o lado do motorista. Completam a parte visual novas opções de rodas aro 17”, de série, ou jogos de 18” ou 19”, que compõem o kit S-Line.

23 motorizações

Não só a variedade de plataformas, a Audi também conta com um interessante catálogo de motorização para o A4 na Europa. São seis opções de motores TDI (diesel) e mais quatro TFSI (gasolina), que podem ser associados a mais três tipos de transmissão: manual, Multitronic (CVT) e Tiptronic (automático). Ao todo, o modelo dispõe de 23 combinações de motor e câmbio.

As versões a gasolina, as que o público brasileiro têm acesso, trazem os blocos 1.8 TFSI com 120 cv e 170 cv, 2.0 TFSI de 211 cv e o top de linha 3.2 V6 TFSI de 272 cv. Os motores são os mesmos da série anterior, mas otimizados para desenvolver mais potência e ao mesmo tempo consumirem menos combustível. A sigla que denomina essa família de propulsores é um indicativo da presença de sistema de injeção direta de gasolina e turbocompressor.

A Audi também não alterou a capacidade do porta-malas dos modelos A4. Conforme dados da montadora, o bagageiro do sedã comporta 480 litros ou 962 l com os bancos traseiros rebatidos, enquanto a série Avant leva 490 l/1.430 l. No mercado brasileiro a fabricante oferece o A4 sedã nas versões com motor 2.0 (R$ 134.900) e 3.2 (R$ 238.500). A perua vem somente sob encomenda (por R$ 243.500) em versão única com motor V6.

S4 e Allroad

As séries esportivas do novo A4 também foram atualizadas. O S4, disponível nas versões sedã e Avant, acompanhando os irmãos mais mansos ficou mais econômico, no entanto perdeu potÊncia O bloco 4.2 V8 de 344 cv foi substituído pelo mais eficiente 3.0 V6 biturbo, que produz 333 cv. Esse carro ainda vem com câmbio S-Tronic (semi-automático com dupla embreagem) e tração integral quattro.

Audi S4 2013
Divulgação

O novo Audi S4 trocou o motor V8 pelo bloco 3.0 V6 biturbo. Continua potente, mas gasta menos

Por fim, o A4 Allroad é a versão digamos “Adventure” do carro da Audi. A suspensão é elevada e os pneus possuem banda para piso misto. É oferecido com motores 2.0 TDI, 2.0 TFSI e o 3.2 V6. A tração, como não poderia ser diferente, é integral.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!