Novo BMW Série 3 aposta da eficiência

Sexta geração do sedã é maior e mais leve e passa a ter apenas motores turbo

BMW Série 3 2012 | Imagem: divulgação

O principal produto da BMW no mercado mundial, o sedã Série 3, enfim chegou a sexta geração. Também chamado pelo código de carroceria F30, o modelo foi muito além da reformulação estética na linha 2012. O carro ficou maior em comprimento e na distância entre-eixos, o que sugere mais espaço na cabine, e todas as opções de motores até então apresentadas contam com turbocompressor, o que promete levar o veículo a um novo patamar de eficiência em consumo de combustível e emissões de poluentes. A redução do peso em 40 kg é outro artifício para gastar menos.

Com lançamento previsto para fevereiro de 2012 na Europa e Estados Unidos, o novo Série 3 deve desembarcar no Brasil somente na segunda metade do próximo ano – a divisão da marca no país ainda não estipulou uma data para estreia do carro. Os preços da novidade no exterior, por hora, também não foram divulgados.

A nova geração do carro adotou os elementos visuais mais recentes da BMW, como os faróis de led e o capô de perfil mais baixo, detalhes que são vistos, por exemplo, nas linhas mais recentes do hatchback Série 1 e sedã de alto luxo Série 7. Nota-se ainda que os vincos esculpidos nas laterais do Série 3 estão ainda mais pronunciados, deixando o veículo com um aspecto mais esportivo.

Já a cabine mantém o desenho básico da gama anterior, mas com gadgets extras, como a tela do GPS acima do painel e comandos adicionais no volante multifuncional. Outra inovação na cabine é o emprego de head-up display, que reproduz as informações dos instrumentos no para-brisa, bem a frente da visão do motorista.

A BMW apresentou o Série 3 2012 primeiramente nas versões 328i e 335i. A primeira substitui a opção 325i e traz o novo motor 2.0 quatro cilindros turbo de 245 cv e 35,7 kgfm de torque no lugar do bloco 2.5 seis cilindros aspirado. Já o segundo modelo, com propulsor 3.0 seis cilindros também com turbocompressor, mantêm os mesmo 306 cv e 40,8 kgfm. Já o quanto eles rendem em performance a BMW ainda não divulgou.

O conjunto mecânico de ambas as versões do Série 3 podem ser complementados com câmbio manual de 6 marchas ou, como opcional, a nova transmissão automática de 8 velocidades. O novo Série 3 também passa a ser equipado de fábrica com sistema stop/start, item que desliga o motor em paradas curtas para poupar combustível.

Além das versões tradicionais, a BMW também já antecipou o pacote M (itens visuais de caráter esportivo) para o novo Série 3, além da versão híbrida ActiveHybrid3, cujo lançamento é programado para o último trimestre de 2012.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!