Avaliação: Ford Transit tem conforto de carro para encarar Sprinter

Agora no Brasil, van líder de vendas na Europa e EUA agrada pelo desempenho do motor diesel e boa dirigibilidade
Ford Transit 2022

Ford Transit 2022 | Imagem: Divulgação

Se você tem boa memória deve lembrar da Ford Transit. A primeira (e até então única) passagem da van por aqui aconteceu de 2009 a 2013. O hiato, porém, acaba neste ano com a estreia da nova geração da Transit.

Fabricada no Uruguai no regime CKD (ou ‘Completely Knocked-Down, algo como ‘Completamente Desmontado’, em que as peças são trazidas de fora para o veículo é montado), a Transit chega inicialmente em três versões de acabamento: 15+1, 17+1 e vidrada, esta última sem bancos por ser destinada para o transporte de cargas.

Motor esperto e silencioso

A única motorização disponível é a 2.0 EcoBlue diesel, que entrega 170 cv e 41,3 kgfm. É uma grata surpresa pelas respostas ágeis nas acelerações, sobretudo em baixas rotações - o torque máximo está disponível já a partir das 1.750 rpm. 

Destaque positivo para a dirigibilidade da van, que se aproxima a de um automóvel de passeio por vários motivos.

A transmissão manual de seis marchas tem engates precisos e justos. A embreagem, por sua vez, é mais pesada - e típica dos automóveis de passeio da Ford. Já a direção elétrica é muito leve e direta, facilitando as manobras. Por fim, vale destacar a boa qualidade do isolamento acústico, que impede que o barulho típico do motor a diesel invada a cabine.

Todas as versões da Transit trazem uma boa oferta de itens de série. A van vem com piloto automático adaptativo, alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, freio a disco nas quatro rodas, computador de bordo, estabilização de vento lateral e sistema anti-capotamento.

Existe ainda um prático estribo elétrico (que surge quando a porta corrediça lateral é aberta e se recolhe quando ela é fechada), auto start-stop (que liga o motor assim que o motorista pisa no pedal de embreagem), computador de bordo, luzes diurnas, entradas USB em todas as fileiras de bancos e cintos de segurança de três pontos para todos os passageiros.

Ford Transit 2022
Ford Transit 2022
Imagem: Divulgação

Fisgando pelo bolso

O produto é bem atraente, mas o grande ‘problema’ da Transit está na concorrência. Afinal de contas, não vai ser nada fácil roubar vendas da Mercedes-Benz Sprinter, líder do mercado há anos.

É por isso que a Ford pretende fisgar clientes pelo bolso. O plano de revisões prevê paradas a cada 20 mil quilômetros com preços fixos. Quem quiser poderá também contratar revisões antecipadamente por meio do programa Ford Protect e incluí-las nas parcelas do financiamento.

A marca oferece também o Ford Pass, um aplicativo que facilita a gestão da frota e lista todos os serviços realizados e necessários no veículo. Fora tudo isso, a promessa é de que as primeiras 350 unidades serão contempladas com gratuidade nas três primeiras revisões. A Transit tem garantia de um ano ou 100 mil quilômetros.

Sobre valores, a Ford explica que, por trata-se de um veículo comercial com uma possibilidade maior de personalização, os preços da van devem ser consultados diretamente na rede de concessionários. 

Ford Transit 2022
Ford Transit 2022
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções