Tradicional na produção de sedãs, cupês e conversíveis de altíssimo luxo, a Bentley Motors se prepara desta vez para entrar de vez no mundo dos utilitários-esportivos, os “populares” SUVs. A confirmação vem de Wolfgang Dürheimer, CEO da marca inglesa parte do Grupo Volkswagen, que revelou a informação à revista alemã Auto Motor und Sport.

Dürheimer destacou a publicação o potencial competitivo do segmento, que tem grandes mercados nos Estados Unidos, leste europeu e China. O principal exemplo do executivo da Bentley para justificar a nova investida é o sucesso Cayenne, o primeiro SUV da Porsche e que colaborou com extrema importância para a recuperação financeira da marca alemã.

Aproveitando o “parentesco” com o Grupo VW, o futuro jipão da Bentley, segundo declarações do CEO a imprensa alemã, poderá utilizar a mesma plataforma e outros componentes do Cayenne, como já acontece no VW Touareg. Dürheimer, no entanto, não falou sobre datas de lançamento, mas a publicação apurou que a novidade deve ser estrear em 2014, no Salão de Frankfurt.

Bentley SUV para o sultão

Em 1994 o sultão de Brunei encomendou seis unidades do Bentley Dominator, que foi desenvolvido e fabricado unicamente para o chefe de estado do país árabe. O veículo utilizava a mesma plataforma e equipamentos off-road do Land Rover Range Rover da época e cada um dos exemplares foi pintado de um cor diferente da outra. Porém, ninguém mais se interessou pelo carro e o projeto foi engavetado.

Bentley Dominator
Divulgação

Nem a Bentley tem imagens em alta resolução do Dominator, o SUV que fez para o sultão de Brunei

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca