Talvez o carro mais esperado no Salão de Genebra – e certamente a maior aposta comercial da Audi nos últimos anos – tenha sido o A1. Mas o compacto da fabricante de Ingolstadt não ficará sozinho por muito tempo: a BMW já planeja seu rival, um compacto de tração dianteira, abaixo do Série 1 e que usará muitas peças (inclusive plataforma) do Mini Cooper. A informação foi confirmada pelo CEO da BMW, Norbert Reithofe, ao site inglês Autocar.

Ainda sem nome, seria o único BMW atualmente com tração dianteira. Além de rivalizar com o A1 e com a futura geração do smart fortwo – na qual a Mercedes-Benz já trabalha – o futuro compacto faz parte dos planos da BMW em aumentar o compartilhamento de peças com a Mini, o que naturalmente reduziria os custos de produção das duas marcas. "Para esses dois novos veículos (o novo BMW e a nova geração do Mini), estamos desenvolvendo uma arquitetura comum, que servirá para tração dianteira e integral”, revelou Reithofe.   

O novo compacto pode ser fabricado na planta de Oxford, de onde sai o Mini. Já sua motorização pode ser a nova safra de propulsores a gasolina e diesel desenvolvida pela BMW. A nova geração do Mini Cooper não deve ser apresentada antes de 2014, enquanto o pequeno BMW pode estar, de acordo com o site inglês, na Inglaterra já no começo de 2013.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|