Lançado em 2009, o topo de linha Série 7 estreará em breve uma discrete reestilização. O sedã mais luxuoso da BMW ganhará, como mostram as fotos do site norte-americano Autoblog, uma faixa de LEDs acima dos faróis, para-choques traseiro e dianteiro redesenhados, enquanto as luzes de direção foram parar nos retrovisores. A estreia do novo modelo está prevista para o Salão de Frankfurt, em setembro.

Ainda não há confirmação sobre a motorização, mas o Série 7 deve manter o propulsor 4.4 B8, de 407 cv, que pode chegar a 465 cv na versão Active Hybrid. Entre os concorrentes do BMW Série 7 (que custa R$ 569.050 no Brasil), estão o Audi A8 (R$ 505.000), o Mercedes-Benz Classe S (R$ 460.000) e o Jaguar XJ (R$ 580.000).

Rodrigo Mora

|