BMW Série 8 está confirmado para 2018

Cupê de alto luxo marca o início de uma ofensiva da BMW em novos modelos
BMW Série 8 (conceito)

BMW Série 8 (conceito) | Imagem: Divulgação

A BMW deu o sinal verde para sua maior ofensiva de novos modelos em sua história. A estratégia, segundo declara a BMW, tem como objetivo consolidar o caminho da marca alemã rumo à liderança do mercado de luxo no mundo. Um dos estandardes dessa nova fase da BMW virá na forma de um de seus mais aguardados modelos topo de linha, no caso com a volta da Série 8 confirmada para o próximo ano.

Com um cupê de alto luxo e desempenho – sua variante M8 também já foi anunciada pela BMW – a fabricante pretende fazer da nova Série 8 um porta-voz de todas as qualidades da marca, com um design marcante e original, muita sofisticação e luxo no acabamento interno e um desempenho ímpar.

A BMW ainda não forneceu nenhum detalhe técnico do que podemos esperar para sua futura Série 8, porém alguns rumores dão conta de que a BMW vai deixar de lado a moda do downsizing e escalar um bravo 6.6 V12 para movimentar o cupê. A potência deverá girar na casa dos 610 cv com um torque brutal de algo em torno de 80 kgfm. O capô longo e pronunciado do conceito, ao menos, nos leva a crer que ali existe espaço suficiente para essa usina de força.

Os principais executivos da BMW, como é de esperar, não poupam elogios para o cupê. O chefão Harald Krüger, presidente do conselho administrativo da fabricante, declarou que “o Série 8 elevará a referência para os cupês desse segmento. Nesse processo nós iremos fortalecer nosso apelo de liderança no segmento de luxo”. Já Adrian von Hooydonk, responsável pela área de design da BMW, classifica seu futuro cupê como “um luxuoso esportivo que personifica tanto a excelente dinâmica de rodagem como o luxo moderno”.

Vale destacar que, segundo a consultoria Focus2move, a BMW ficou em segundo lugar no ranking de vendas global em 2016 com 1.985.219 unidades emplacadas. A marca Mercedes-Benz foi muito bem no ano passado e registrou 2.327.799 emplacamentos, inclusive figurando como a 10ª marca mais procurada no mundo em 2016. A Audi, por sua vez, ficou logo atrás da BMW com 1.885.207 unidades vendidas. Logo, a BMW tem mesmo que partir para uma boa ofensiva se quiser ultrapassar a Mercedes-Benz nas vendas.

Além do visual baixo e com muita presença, em parte graças à detalhes como as rodas de liga leve aro 21”, o Série 8 conceitual ainda traz requintes no interior como o seletor do câmbio e da central multimídia (iDrive) feitos com cristal Swarovski.

Confira abaixo um vídeo mostrando mais detalhes da novidade: