BYD anuncia investimento na Bahia, onde terá três fábricas

Gigante chinesa promete investir R$ 3 bilhões na região de Camaçari mas acerto sobre a compra da fábrica da Ford ainda não ocorreu
BYD anuncia investimento na Bahia: empresa terá três fábricas onde a Ford produzia carros até 2021

BYD anuncia investimento na Bahia: empresa terá três fábricas onde a Ford produzia carros até 2021 | Imagem: Reprodução

A BYD e o governo da Bahia celebraram o acordo firmado para implantar três fábricas no complexo de Camaçari, a 50 km de Salvador. Para isso, a fabricante chinesa pretende adquirir as instalações da Ford, que deixou de produzir veículos em sua unidade no local em janeiro de 2021.

Apesar do anúncio, no entanto, tanto da fabricante chinesa quanto o governador Jerônimo Rodrigues evitaram falar em acordo com a montadora norte-americana. Segundo eles, esses detalhes deverão ser anunciados em um futuro breve.

Em nota, a Ford negou já ter acertado a venda de sua unidade na Bahia. "A Ford confirma que está em processo de negociação para a venda da fábrica de Camaçari. No momento não temos nada de concreto para anunciar".

Três fábricas em uma

O projeto da BYD, um investimento de R$ 3 bilhões, é mais amplo do que o imaginado. Além de uma fábrica para produzir automóveis híbridos e elétricos, a empresa também fabricará chassis para ônibus e caminhões eletrificados e implantará uma unidade para processamento de lítio e ferro fosfato, materiais usados em baterias.

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Esta última fábrica, no entanto, será voltada ao mercado externo, aproveitando a proximidade de um porto na região.

“Este é um momento de extrema importância para a BYD nas Américas”, afirma Stella Li, CEO da BYD Américas. “As novas fábricas no Brasil vão permitir a introdução e aceleração da eletromobilidade no país, um movimento-chave para combater as mudanças climáticas e, de fato, melhorar a qualidade de vida das pessoas.”

BYD Dolphin 2024
BYD Dolphin 2024
Imagem: Divulgação

Seagull e Dolphin

A BYD não adiantou quais modelos pretende fabricar em Camaçari, que começará a funcionar já no segundo semestre de 2024. No entanto, pela capacidade da planta, imagina-se que serão veículos mais acessíveis, de grande demanda.

Segundo a marca, a primeira fase da linha de montagem de veículos leves será capaz de produzir 150 mil unidades por ano, podendo atingir 300 mil unidades no futuro.

BYD Seagull 2024
BYD Seagull 2024
Imagem: Divulgação

Trata-se de um volume mensal de 12,5 mil veículos, produção suficiente para colocá-la entre as 5 marcas mais vendidas do Brasil. Claro que parte dos modelos poderá ser exportada, mas mostra que o projeto é bastante ambicioso.

Entre os modelos que têm potencial de produção nacional estão o Seagull, um elétrico urbano que já teve registro aprovado no país, e o recém lançado Dolphin, um compacto com estilo monovolume.

A BYD prometeu ainda contratar mão de obra local já a partir de 2023. A previsão é que o novo complexo gere cerca de 5 mil empregos diretos.

Nota do editor: o artigo foi alterado por citar a venda da Ford de forma errônea. A empresa dos EUA deixou claro que ainda está em processo de negociação com o grupo chinês.

Ricardo Meier

Comenta o mercado de vendas de automóveis e tendências sustentáveis

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções