BYD lança linha de carregadores e firma parceria em infraestrutura no Brasil

Marca chinesa apresenta carregadores rápidos e ultrarrápidos dando início a uma nova modalidade de vendas e negócios
Carregador da BYD

Carregador da BYD | Imagem: Divulgação

A marca chinesa BYD lança uma linha completa de carregadores no Brasil abordando também algumas parcerias com empresas do setor de energia e infraestrutura para carregamento de veículos elétricos no país.

VEJA TAMBÉM:

As opções contam com dois carregadores - o AC (corrente alternada), de 7 Kw/h e 22 Kw/h, e os modelos DC (corrente contínua) de 60 kW, 120 kW, 180kW, além do Grid Zero, de 210 kW, modelo que utiliza a tecnologia das baterias criadas pela própria empresa para ser mais barato, seguro e eficiente. Os modelos serão comercializados em duas linhas de mercado: residenciais e públicos.

O Grid Zero, é um modelo de ultra tecnologia que tem um consumo mais equilibrado de energia, aliviando a rede, diferentemente dos outros carregadores rápidos, que absorvem energia de forma muito acentuada. Apesar de conseguir uma velocidade de recarga de 210 kW, ele consome somente 60 kW da rede. No momento em que não estiver sendo usado, o carregador Grid Zero armazena a energia na bateria. Assim, ao carregar um veículo, é usada parte da energia da rede e parte da bateria.

Outro segmento facilitador do ecossistema de recarga é o dos painéis solares. A BYD Energy já atingiu a marca de 2,3 milhões de módulos fotovoltaicos produzidos no Brasil. Ainda nesse segmento, a companhia passou a oferecer o EPC (Engineering, Procurement and Construction), ou seja, o desenvolvimento do projeto de grandes usinas solares do início ao fim. 

A junção - de módulos fotovoltaicos e EPC - pretende ampliar a capacidade de geração de energia limpa e trazer soluções de tecnologia para os clientes, ampliando as possibilidades de carregamentos para veículos elétricos. Com esse serviço, já firmou parceria com a Raízen Gera Desenvolvedora, joint venture entre a Raízen e o Grupo Gera, dedicada a projetos de geração distribuída.

Novo app e ampliação da rede de recarga

Carregador Shell Recharge
Carregador Shell Recharge carregando o sedã da BYD Yan, parceria das duas marcas em várias países
Imagem: Divulgação

Durante o evento no Parque Villa Lobos, em São Paulo (SP) a BYD anunciou, em parceria com a Tupinambá, empresa de soluções para carregamento, o aplicativo BYD Recharge que trará conveniência a todos os usuários de automóveis eletrificados. Ao baixar o app, o motorista terá acesso a mais de 500 pontos de recarga localizados em todo o território nacional e poderá fazer o pagamento através da plataforma.

Anunciada recentemente, a aliança entre as empresas irá inaugurar 30 hubs dedicados à recarga elétrica com a solução Shell Recharge em oito capitais do Brasil, com energia 100% limpa e renovável nos próximos três anos. Serão aproximadamente 600 novos pontos de recarga DC, que somam mais 18 MW de potência instalada, em âmbito nacional. Os espaços começarão a ser implementados este ano nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Belém (PA). 

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter


 

 

Carlos Guimarães

Jornalista há mais de 20 anos, já acelerou várias novidades, mas não dispensa seu clássico no final de semana

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções