BYD Mini Dolphin ou Renault Kwid E-Tech? Veja os prós e contras de ambos

Dois hatches subcompactos elétricos mais em conta do Brasil podem incomodar versões de Polo, HB20 e Onix
BYD Dolphin Mini chegará com o Renault Kwid E-Tech como um dos principais concorrentes

BYD Dolphin Mini chegará com o Renault Kwid E-Tech como um dos principais concorrentes | Imagem: Divulgação

O BYD abre as reservas do Mini Dolphin para o lote inicial que começa a chegar às lojas. O carro foi lançado durante esta semana com preço de R$ 115.800, o que o torna um dos elétricos mais em conta à venda no Brasil. Pelo menos por enquanto, um dos seus principais rivais é o Renault Kwid E-Tech, que hoje tem preço sugerido de R$ 99.990

Às vésperas do lançamento do BYD Mini Dolphin criou-se uma grande expectativa, já que o modelo não tem apenas preço atraente, mas bom nível de equipamentos de série e autonomia interessante a ponto de incomodar o concorrente Kwid E-Tech e até mesmo as versões mais equipadas dos hatches compactos a combustão, como VW Polo, Hyundai HB20 e Chevrolet Onix.

De qualquer forma, vale fazer um breve comparativo de mercado entre os dois elétricos rivais como instrumento a ser usado na hora da escolha. O BYD Mini Dolphin foi mostrado em um programa da TV Globo e pode ser reservado no site do Mercado Livre, onde foram divulgadas algumas informações sobre a novidade da marca chinesa.

Renault Kwid 2023
Renault Kwid 2023
Imagem: Divulgação

Briga acirrada entre elétricos

O modelo tem 75 cv e 13,8 kgfm torque máximo, ante 65 cv e 11,5 kgfm do Renault Kwid E-Tech. Teoricamente, com motor um pouco mais forte, o modelo da marca chinesa deveria ter um desempenho ligeiramente melhor do que o rival. Mas na  mesma página do Mercado Livre diz que a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 14,9 segundos, ante 14,6 s do concorrente.

Outro ponto importante se refere à autonomia.  Ainda no site do Mercado Livre foi divulgada a informação que o BYD Dolphin Mini tem 280 km de autonomia pelo PBEV (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular), o que corresponde aos dados do Inmetro. Porém,  isso se refere à versão com bateria maior a EV 400, que não é a básica que custará menos de R$ 100 mil.  No caso do Renault Kwid E-Tech, existe apenas uma versão disponível, a Intense, que tem autonomia declarada de 185 km. 

BYD Dolphin Mini 2024
BYD Dolphin Mini 2024
Imagem: Divulgação

Uma informação curiosa é que o BYD Dolphin Mini não vem com limpador e lavador do vidro traseiro, provavelmente por uma questão da aerodinâmica. Outros modelos modernos, como o Fiat Fastback e o Volvo C40 também não têm esse item. Em compensação, o modelo da marca chinesa deverá vir bem mais equipado que o Kwid E-Tech, que vem apenas com o básico da comodidade.

Isso inclui apenas ar-condicionado, direção assistida, computador de bordo, volante multifuncional, entre outros itens. O Dolphin Mini irá além disso. No site do Mercado Livre também está em destaque que o BYD terá carregador de celular por indução, mas sem dizer em qual versão. De qualquer forma, o modelo da Renault não tem esse item nem como opcional. Pelo visto, a briga entre os elétricos mais em conta vai ser boa. Nos resta apenas aguardar por mais informações oficia para traçar uma comparação mais completa.  

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
Picape Fiat Titano

Picape Fiat Titano

Estreia da marca no segmento onde a Hilux domina, mas será que dá para peitar a Toyota?
Aviação
Rússia fabrica mais caças Su-34 enquanto Ucrânia destrói outros

Rússia fabrica mais caças Su-34 enquanto Ucrânia destrói outros

Mais um lote do jato de combate foi entregue, mas Força Aérea ucraniana diz ter destruído seis jatos russos em ataque de drone
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!