Chevrolet Sonic terá motor 1.6 de 120 cv no mercado brasileiro

Compacto premium chega este mês com câmbio manual de 6 marchas; modelo automático chega mais adiante

Chevrolet Sonic | Imagem: Divulgação

O Chevrolet Sonic está prestes a desembarcar no Brasil. O modelo será apresentado à imprensa no final deste mês e suas vendas começam no inicio de junho, mas uma das informações que estavam bem guardadas pela GM diz respeito ao seu motor.

De acordo com uma fonte ligada à fabricante e ouvida por AUTOO, o bloco que estará debaixo do capô do novo compacto premium será um inédito 1.6 16V flex que desenvolve potência de 120 cv com etanol e 116 cv com gasolina e entrega torque de 16,3 kgfm e 15,8 kgfm na mesma ordem.

Veja também: como ficará o visual da substituta da Zafira e Meriva no Brasil

Caso essa potência se confirme, o compacto terá o motor 1.6 mais potente do mercado brasileiro – posto que hoje é ocupado pela linha E-torQ da Fiat – além de deixar o 1.8 8V Econo.Flex do Cobalt "passando vergonha" dentro da linha.

Como já é de conhecimento, o carro será disponibilizado tanto na carroceria hatch como sedã e ambas terão duas versões de acabamento: a de entrada LT e a top LTZ, que serão equipadas com uma transmissão manual de seis marchas. No caso da topo de linha, também será oferecido como opcional o câmbio automático de seis velocidades – o mesmo que equipa o Cruze e que estará no Cobalt 1.8. Mas esse item será oferecido somente mais adiante.

Ainda de acordo com a fonte, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas com acionamento elétrico, duplo airbag dianteiro, ABS com EBD e chave tipo canivete serão itens de série desde a versão mais barata.

O Chevrolet Sonic chega para acirrar a briga do segmento de compactos premium, que hoje é composto por modelos como Fiat Punto – prestes a receber um “tapa” no visualFord New Fiesta, Citroën C3, Honda CityVolkswagen Polo, por exemplo.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!