GM Cobalt 1.8 automático terá 108 cv

Bloco deve equipar apenas a versão top LTZ e suas vendas começam em junho

Chevrolet Cobalt 1.8 automático | Imagem: Jair Oliveira

A GM aproveitou a Reatech, – feira de negócios a tecnologia para deficientes de todas as categorias – para mostrar a versão topo de linha do Cobalt: a LTZ com motor 1.8 Econo.Flex associado ao câmbio automático de 6 marchas.

A versão, que já havia sido apresentada em novembro de 2011, mas sem grandes detalhes, desta vez teve suas informações divulgadas. A grande surpresa são as especificações: de acordo com a ficha que estava colada no veículo em exposição, com esse “novo” propulsor o sedã consegue desenvolver 108 cv com etanol e 106 cv com gasolina.

Veja também: avaliação do Chevrolet Cobalt LTZ 1.4

Se comparado ao motor 1.8 Flexpower do qual o novo motor do Cobalt deriva, nota-se que houve queda de potência - o bloco anterior gerava até 114 cv com etanol.  Além disso, o torque também sofreu uma ligeira alteração passando a levar 17,1 kgfm com etanol e 16,4 kgfm com gasolina até as rodas.

Em relação à parte estética, o Cobalt LTZ 1.8 automático ganhou máscara negra nos faróis e lanternas, um discreto aerofólio na tampa do porta-malas, rodas de aro 15” com novo desenho, além do interior, que ganhou acabamento na tonalidade bege.

Leia mais: avaliação do Chevrolet Sonic LS 1.8 Ecotec

Esse motor deve equipar apenas a versão top LTZ e o modelo já oferecerá de série ar-condicionado, direção hidráulica com regulagem de altura, vidros, travas e retrovisores elétricos, duplo airbag frontal, ABS com EBD, rádio com CD/MP3 e bluetooth e computador de bordo. Dois itens merecem destaque, porque são inéditos no modelo: o controlador eletrônico de velocidade, o famoso “piloto automático”, e o volante com comandos para controlar o rádio, o computador de bordo e algumas funções do celular, conectado via Bluetooth.

De acordo com um dos vendedores da Chevrolet presentes no evento e ouvidos pelo AUTOO, o Cobalt LTZ 1.8 automático será lançado em junho e o preço que será cobrado pelo modelo para pessoas portadoras de necessidades especiais ficará entre R$ 35 mil e R$ 39 mil.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!