Chevrolet Trax será 'Tracker' na Argentina

Utilitário esportivo compacto será lançado ainda este ano no país vizinho, confirmou a General Motors

Chevrolet Trax (Tracker) | Imagem: Divulgação

A General Motors lançará o Trax na Argentina ainda em 2013, segundo um comunicado divulgado nos últimos dias pela filial do país vizinho. E lá o modelo será chamado de Tracker, mesma denominação que será usada no Brasil.

A razão é que o nome “Trax” faria referência a uma droga pesada, mas o fato é que em ambos os mercados o nome Tracker já foi utilizado pela montadora quando vendeu o Suzuki Grand Vitara com sua logomarca, na década passada.

Apesar de confirmar a chegada do modelo, a GM não revelou de onde o Tracker será importado – ele é feito na Coreia do Sul e também no México. É provável, no entanto, que a origem seja asiática já que os argentinos já importam de lá o Captiva (diferente do brasileiro) e o Cruze, apesar dele ser produzido no Brasil.

Se na Argentina ele é uma certeza, no Brasil o Tracker ainda causa dúvidas. Sabe-se que a GM quer vende-lo aqui afinal ele concorre diretamente com o EcoSport, da Ford, mas as limitações de importação depois do advento do programa Inovar-Auto impedem que a montadora possa oferece-lo num volume adequado.

Uma possibilidade seria produzi-lo em São José dos Campos, fábrica que está esvaziada desde o fim de produção do Corsa, Meriva e Zafira, em 2012. O sindicato local, que chegou a um acordo com a GM para manter a unidade aberta, sugeriu essa ideia, juntamente com a produção do Sonic, compacto que hoje é importado e que compartilha a base com o Tracker. A GM, no entanto, ainda não se pronunciou sobre isso. Sorte da Ford.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!