Chrysler anuncia renovação da linha no Brasil

Novos Dodge Durango, Jeep Cherokee e Grand Cherokee têm presenças confirmadas no país

Jeep vai trazer o Cherokee para o Brasil: jipe tem design duvidoso | Imagem: Divulgação

Dono de um dos maiores estandes no Salão de Detroit, o Grupo Chrysler tem novidades para os Estados Unidos e seus vizinhos. A grande estrela é o sedã 200C, que ainda não é confirmado para o Brasil. Por outro lado, novos modelos "coadjuvantes" tem presença garantida.

São eles os novos Jeep Cherokee, Jeep Grand Cherokee e Dodge Durango. O primeiro deles tem estreia prevista para a metade do ano, enquanto o Grand Cherokee já está em pré-venda. O novo Durango será vendido no Brasil apenas no final do ano.

Jeep Grand Cherokee

É o carro mais vendido da marca e passou recentemente por uma atualização, recebendo um câmbio automático de oito marchas e novo conjunto óptico com luzes de LEDs. O sistema multimídia com GPS e volante multifuncional com aletas para trocas de marchas atrás do volante também estão entre as novidades.

O Jeep Grand Cherokee é oferecido em duas versões ambas com motorização V6 3.6 movida à gasolina capaz de gerar 286 cv de potência. Para ter um destes na garagem é necessário desembolsar R$ 185.900 na versão de entrada e R$ 214.900 na versão topo de linha.

Jeep Cherokee

De design questionável, ao menos em relação à mecânica não há dúvidas que ele ficou melhor do que a geração anterior. Trazendo agora um câmbio automático com nove velocidades, o jipe ficou maior e seu interior mais amplo e mesmo assim ficou mais econômico, segundo a marca.
 
Dodge Durango

Com sete lugares, tem presença marcada no Salão do Automóvel, evento que acontecerá em São Paulo no final de outubro. Entre as principais novidades estão os faróis em LEDs, novo quadro de intrumentos, central multimídia e o mesmo câmbio de oito marchas que equipa o Grand Cherokee.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!