Com receita de Nivus, Hyundai Bayon é revelado na Europa

Novo SUV compacto da marca sul-coreana chega com uma proposta mais ousada para ficar abaixo do Kona por lá
Hyundai Bayon

Hyundai Bayon | Imagem: Divulgação

Os SUVs subcompactos prometem ser a próxima onda do segmento que tomou os mercados globais de assalto. Vindo da Índia, em breve teremos por aqui o Nissan Magnite, que atuará abaixo do Kicks usando uma variante da plataforma do Renault Kwid. A Hyundai já oferece na Ásia o Venue, modelo menor que o nosso Creta.

Enquanto o menor SUV da sul-coreana também já é oferecido nos EUA, a divisão europeia da Hyundai optou por uma abordagem diferente para aquele mercado. Por lá, a marca apresentou o Bayon, baseado no i20, modelo similar ao nosso HB20. Assim como aconteceu com o VW Nivus, a novidade usa um design mais ousado e com ares de cupê indo atrás de um público mais jovem. Os preços e a data de chegada às lojas, porém, não foram anunciados ainda.

Hyundai Bayon
Hyundai Bayon aposta em um visual mais ousado para a Europa
Imagem: Divulgação

O Hyundai Bayon não chega a ser tão pequeno quanto o Venue. Mede 4,18 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,49 m de altura e 2,58 m de entre-eixos. Em relação ao Creta brasileiro, ele tem 11 cm a menos de comprimento, enquanto o entre-eixos é somente 1 cm mais curto. A marca diz que o porta-malas tem capacidade para 411 litros.

Além disso, o novo Bayon é apenas 3 cm mais curto que o Kona, outro SUV subcompacto da Hyundai na Europa. Apesar de similares, devem buscar públicos diferentes, como acontece com o Nivus e o T-Cross. O visual da novidade pode até ser considerado polêmico, com faróis divididos e seguindo as linhas do novo Tucson. Por dentro, porém, sua cabine é bem semelhante ao do Hyundai i20 em que se baseia.

O Bayon de entrada terá um motor 1.2 aspirado com 84 cv e transmissão manual de 5 marchas. As versões intermediárias já adotam um 1.0 turbo de três cilindros, com 100 cv e usando um câmbio manual de 6 velocidades. Opcionalmente, a transmissão pode ser automatizada de dupla embreagem com 7 marchas. O motor 1.0 turbo ainda pode ser adquirido com um sistema híbrido-leve de 48V, elevando a potência para 120 cv, com as mesmas opções de transmissão. A tração é dianteira em todos os casos.

Hyundai Bayon
Cabine do Hyundai Bayon
Imagem: Divulgação