Como o Autoo antecipou, VW lança o Polo e Virtus 1.6 com câmbio automático

Modelos chegam como opções bem competitivas dentro da categoria
Volkswagen Polo 2019

Volkswagen Polo 2019 | Imagem: Divulgação

Logo no começo da semana já havíamos antecipado os preços e, nesta quarta-feira (18), a Volkswagen oficialmente apresentou o Polo e o Virtus em suas aguardadas configurações 1.6 MSI com câmbio automático de 6 marchas.

Agora sabe-se que tanto o sedã quanto o hatch contarão com os mesmos 117 cv e 16,5 kgfm de potência e torque máximos entregues pelo motor 1.6 16V da mesma forma que na opção manual. A transmissão automática é a AQ160-6F, também associada ao motor 1.0 turbo, porém com relações de marcha e diferencial específicas para trabalhar com o motor 1.6 16V.

Em termos de desempenho, até que os modelos não ficam devendo tanto para as versões turbinadas, uma vez que, segundo aferições da Volkswagen, o Polo MSI com transmissão automática acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atinge 188 km/h de velocidade máxima. O Virtus com o mesmo conjunto, por sua vez, registra 10,8 segundos na mesma prova de aceleração e 190 km/h de velocidade máxima. Nas retomadas, contudo, as opções 1.0 TSI, que contam com bem mais torque, ainda devem se manter bem a frente em termos de performance.

Segundo o comunicado da Volkswagen, o Polo e o Virtus 1.6 com câmbio automático seguirão os mesmos catálogos de itens de série e opcionais presentes na opção manual, conforme o Autoo antecipou. De série o sedã e o hatch contam com direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas (os dianteiros possuem função “um-toque” para fechamento e abertura), travas elétricas, faróis de dupla parábola, chave tipo “canivete” com controle remoto, suporte para celular no painel com entrada USB para carregamento, regulagem de altura para o banco do motorista e rádio (Media Plus) com entradas USB e SD-card, conexão Bluetooth, rádio AM-FM e leitor de arquivos MP3.

Dentre os opcionais figuram os pacotes “Interatividade” e “Safety”. O primeiro inclui a central multimídia Composition Touch, sensor de estacionamento traseiro, roda de liga leve aro 15” com pneus 195/65 R15 e retrovisores externos com ajuste elétrico e função “tilt down”. A central multimídia conta com tela colorida sensível ao toque de 6,5”, entradas USB, para SD-card e conexão Bluetooth, além de conectividade por meio dos sistemas Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink. O segundo pacote, por sua vez, contempla o controle de estabilidade e seus itens acessórios, como o controle de tração, bloqueio eletrônico do diferencial e assistente de partida em rampa.

A Volkswagen, contudo, ainda na liberou os valores dos pacotes para os dois modelos nas novas versões automáticas.

O Polo 1.6 MSI automático chega ao mercado tabelado em R$ 62.690, portanto uma boa redução frente aos R$ 68.120 cobrados na versão Comfortline 200 TSI, até então a opção mais em conta para quem desejava um Polo automático. O Virtus 1.6 MSI com a transmissão automática de 6 marchas, por sua vez, partirá de R$ 66.525.

As novas opções do Polo e do Virtus complementam todas as brechas em termos de preços que existiam nos dois modelos e despontam como ótimas alternativas em especial ao segmento de clientes PCD que realizam a compra com isenção. Tanto o Polo quanto o Virtus receberam nota máxima em segurança pelo Latin NCAP e apresentam baixo custo de reparabilidade de acordo com a avaliação do CESVI Brasil.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!