Como previsto, GWM estreará fábrica nacional com picape Poer

Produção terá início em 1º de maio de 2024 e meses depois incluirá um utilitário esportivo. Ambos os veículos serão híbridos
A picape Poer, que estreará a fábrica brasileira da GWM, e o vice-presidente Geraldo Alckmin

A picape Poer, que estreará a fábrica brasileira da GWM, e o vice-presidente Geraldo Alckmin | Imagem: Divulgação

A Great Wall Motors (GWW) confirmou nesta quinta-feira (27) o que já se sabia: a picape Poer, de porte médio e propulsão híbrida, será o primeiro veículo do grupo chinês a ser produzido na fábrica de Iracemápolis, no interior de São Paulo.

O início de produção também foi revelado durante a visita do vice-presidente do país, Geraldo Alckmin. A unidade, que pertenceu anteriormente à Mercedes-Benz, acionará a linha de montagem em 1º de maio de 2024 – a data é simbólica por se tratar do Dia do Trabalho.

Na esteira da picape, a GWM passará a produzir um SUV que usará a mesma plataforma e sistema de propulsão. As apostas são para o Tank, que concorre com a Toyota SW4 e a Chevrolet TraiBlazer.

Great Wall Poer
Great Wall Poer
Imagem: Divulgação

Inicialmente, os veículos serão montados em regime de CKD, quando as pelas virão importadas da China, mas a nacionalização do conjunto será gradual nos anos seguintes.

A montadora deve iniciar a operação com capacidade para 20.000 veículos por ano mas elevar a produção para 100.000 unidades por ano. Para isso serão contratados ao menos 2.000 funcionários.

Dentro da proposta da GWM, todos os modelos serão eletrificados. A picape Poer e o SUV contarão com propulsão flex híbrida desde o lançamento.

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Uma unidade da Poer foi apresentada junto à comitiva, mas com os emblemas e alguns detalhes cobertos. Os dois veículos serão vendidos no Brasil, mas também exportados para toda a América Latina, garantiu a empresa.

“Esse é mais um passo importante da história da GWM no Brasil, com o anúncio do início das operações da sua fábrica em Iracemápolis, cujos veículos híbridos, com gasolina e etanol, estarão à disposição dos consumidores brasileiros e da América Latina a partir do próximo ano”, disse James Yang, CEO da GWM para Américas.

Tank 500
Tank 500
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

SUVs coadjuvantes em vendas podem ser opção para os best-sellers Creta e T-Cross
Aviação
Gol pretende ter 169 jatos Boeing 737 em 2029

Gol pretende ter 169 jatos Boeing 737 em 2029

Companhia aérea anunciou medidas para sair da crise financeira
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções