Compactos entram na moda do teto solar

De todos os tamanhos e para todos os gostos, item está disponível em modelos como Fiat Palio e Kia Picanto a preços bem atraentes

9º Fiat Punto Essence 1.6 16V com teto SkyDome - R$ 48.075 | Imagem: Divulgação

Um dos itens de conforto que mais chamam a atenção em um veículo hoje em dia é o teto solar. Ele surgiu em 1937 pelas mãos do alemão Wilhem Baier. Em parceria com a Mercedes-Benz, a peça, desenvolvida em chapa de metal, foi instalada nas séries 180, 220 e 300ER, tonando a marca alemã a primeira a apostar nesse tipo de equipamento.

Daquela época até os dias atuais, o teto solar sofreu varias transformações: foi da lona para a chapa de metal e depois para o vidro, teve abertura manual e depois ganhou a elétrica e hoje pode até ser encontrado em diversos tamanhos – convencional, de quase um metro quadrado visto no Fiat Stilo, ou o que cobre quase todo o teto do automóvel, encontrado em diversos modelos como o Audi A3, os Fiat Idea, Punto e Bravo e até no sedã grande Kia Optima.

Mas não pensem vocês que, para ter uma vista para o céu dentro do carro, é necessário recorrer a modelos mais caros. Muito pelo contrário, hoje em dia no mercado brasileiro existem diversos carros compactos que oferecem o item como opcional, alguns deles com preço abaixo dos R$ 40 mil reais.

Confiram abaixo os dez modelos mais baratos com teto solar que estão à venda atualmente no Brasil:


1º - Fiat Palio Attractive 1.0

Não, vocês não leram errado. O Fiat Palio é o carro com teto solar mais barato do País. O opcional está disponível para o modelo desde sua versão de entrada, a Attractive 1.0 e é digno de respeito. Chamado de Sky Wind, a peça é a mesma usada pelo 500 e cobre praticamente metade do teto do hatch.

Mas para levá-lo é necessário acrescentar obrigatoriamente alguns “pacotezinhos” de opcionais, como o Comfort e Emotion 1, além de um terceiro que pode ser tanto o Creative 1, 2 ou 3 ou o Elétrico 2. Com isso, o preço inicial que era de R$ 28.440 pode pular para até R$ 35.016.

2º - Fiat Grand Siena Attractive 1.4

Outro compacto da Fiat que pode ser equipado com o teto Sky Wind é o novo Grand Siena. E para levar o item também é necessário comprar um pacote de opcionais junto – nesse caso apenas um: o kit Emotion 1. No final das contas, o preço do sedã vai de R$ 36.000 para R$ 39.491. A vantagem é que, diferentemente do hatch, o sedã vem equipado com motor 1.4.

3º -  Fiat Strada Trekking Cabine Estendida

Única picape compacta que oferece teto solar, a Fiat Strada também é o terceiro carro equipado com esse item mais barato do Brasil. Porém, o equipamento só é oferecido a partir da versão Trekking e com cabine estendida.

O tamanho da peça não é o mesmo “GG” encontrado nos irmãos hatch e sedã e sim um convencional visto em carros como o já extinto Marea. Mas quem estiver interessado em comprar a picape e quiser adicionar esse componente pode ficar tranquilo, porque ele é um dos únicos modelos da Fiat que não obriga a associação de algum kit. Daí o preço inicial de R$ 41.150 sobe para R$ 41.985.

4º - Peugeot 207 Quiksilver

207 também possui teto solar, mas quem quiser apreciar o céu enquanto está parado no trânsito dentro do Peugeot terá de comprar o modelo na versão Quiksilver, a única a oferecer esse item. Nele esse equipamento é de série e o preço do carro parte de R$ 42.490. Vale lembrar que o carrinho vem bem completinho, mas sua nova geração – o 208 – será apresentada em outubro, no Salão do Automóvel de São Paulo.

5º - Kia Picanto

O quinto colocado é o Kia Picanto, que chegou a sua segunda geração no Brasil neste ano. O modelo, que vem direto da Coréia do Sul, é o único compacto importado que oferece teto solar por um preço “razoável”. O item é oferecido a partir da versão intermediária J.320, que custa R$ 43.800.

6º - Fiat 500 Cult

Carrinho chamativo, pequeno e que pode ter um teto solar que cobre metade de sua parte superior. Sim, estamos falando do Fiat 500. Com esse item, oferecido desde a versão de entrada, o modelo custa R$ 43.985 (preço que pode subir para 46.905 caso o câmbio Dualogic seja incluído), mas para isso o comprador terá que levar obrigatoriamente o pack Audio Bose Premium, porque ambos só estão disponíveis juntos no Kit Sport 1.

7º - Fox Prime 1.6

A Volks também possui dois compactos que oferecem teto solar. O primeiro deles é o Fox, mas se você quiser adicionar esse item ao carrinho vai ter de comprar o modelo com motor 1.6 na versão Prime. Além disso, terá de adicionar o kit V ou VII. Com isso, o preço do compacto pode subir de 39.225 para até R$ 45.281.

8º - Polo Sportline 1.6

Um degrau acima, mas ainda dentro da categoria dos compactos, está o Volkswagen Polo. Adicionando o teto solar - que custa R$ 2.120 - ao hatch da marca de origem alemã, o preço final do modelo fica em R$ 46.304, curiosamente pouco mais de R$ 1.000 que do o irmão menor Fox com os mesmos itens de série.

9º - Fiat Punto Essence 1.6 16V

O nono carro mais barato do Brasil equipado com teto solar é o Punto. Nele a Fiat preferiu chamar esse item de Skydome e ele só aparece na versão intermediária Essence com motor E-torQ 1.6 16V. O item custa R$ 3.860, mas para levá-lo é necessário adicionar o kit Creative 3 ou 4. Com isso, o preço do hatch premium salta de R$ 41.750 para até R$ 48.075.

10º - Fiat Idea Essence 1.6 16V

Única minivan compacta a oferecer teto solar no Brasil, a Fiat Idea é nossa décima colocada. Mas, assim como ocorre com o Punto, o item só aparece na lista de opcionais a partir da versão intermediária Essence 1.6 16V e também custa R$ 3.860. A vantagem é que você não precisa levar nenhum kit a mais para adicioná-lo ao carro. O preço final do modelo com o item fica em exatos R$ 49.000.

Vale lembrar que os preços de cada carro mencionado com o teto solar não incluem valores como frete ou pintura metálica ou perolizada.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!