Confirmado: Peugeot Landtrek estreia no Brasil em 2022

Picape média da marca foi lançada mundialmente nesta terça-feira no México
Peugeot Landtrek

Peugeot Landtrek | Imagem: Divulgação

Produto que terá um papel importante na estratégia de internacionalização da marca, a Peugeot revelou mundialmente nesta terça-feira (24) a Landtrek. A novidade representa a entrada da fabricante no concorrido segmento de picapes médias na América Latina, região onde veículos do tipo contam com ótima aceitação.

Durante a estreia global da picape, os executivos da Peugeot confirmaram que a Landtrek chegará ao mercado brasileiro em 2022. Na mesma época, o modelo também será lançado na Argentina e Colômbia. A demora para a estreia nos três países pode ser justificada pela procedência da picape. Por conta da demanda elevada desses mercados, provavelmente a Peugeot precisa aguardar o início da produção da Landtrek na região, que pode ter atrasado por conta da pandemia do novo coronavírus. Apesar da marca até o momento não confirmar, a Landtrek deverá ser montada no Uruguai.

Para mercados como México, Equador, Peru, Guatemala, Panamá, Paraguai, República Dominicana, Uruguai, Haiti e Chile, a Landtrek começará a ser vendida a partir de dezembro, chegando em alguns dos países citados ao longo do ano que vem. Para esses países, a Peugeot antecipa que a Landtrek será importada da Ásia, muito provavelmente da China. Vale a pena destacar que a Landtrek nasceu de um projeto conjunto entre a Peugeot e sua parceira chinesa Changan. Na potência asiática, a fabricante local comercializa a irmã da Landtrek com a designação Kaicene F70. 

A Peugeot anunciou que vai revelar as configurações da Landtrek para o mercado brasileiro apenas em uma data próxima ao lançamento da picape no país. Está confirmado, contudo, que para a América Latina a Landtrek poderá receber o motor 1.9 turbodiesel associado à transmissão manual de 6 marchas fornecida pela Getrag. O motor em questão entrega 150 cv e 35,6 kgfm de torque. 

Peugeot Landtrek
Peugeot Landtrek
Imagem: Divulgação

A alternativa será o 2.4 turbo a gasolina, que poderá receber tanto a caixa manual citada acima como o câmbio automático de 6 velocidades produzido pela Punch. O propulsor 2.4 sobrealimentado oferece 210 cv e o torque máximo é de 32,6 kgfm. 

A picape terá opções com tração 4x2 ou 4x4, no caso acrescentando também o bloqueio do diferencial traseiro. A Peugeot não esclareceu se o sistema de tração nas quatro rodas pode ser oferecido tanto com o motor 1.9 ou apenas com o 2.4 turbo gasolina, como ocorrerá no México. Não sabemos também se a marca pensa em tornar o 2.4 bicombustível quando a Landtrek for lançada por aqui. 

Dependendo da configuração, a picape poderá transportar até 1.200 kg e rebocar 3 toneladas. A Landtrek terá opções cabine simples ou dupla dependendo do mercado, sendo que na opção para 5 passageiros o modelo registra 5,33 m de comprimento e 1,93 m de largura, posicionando a picape como uma das maiores da categoria. A altura em relação ao solo será de 214 mm e a capacidade de submersão fica em 60 cm. 

 

Como diferenciais, a Peugeot Landtrek vai oferecer um comportamento dinâmico único na categoria, nas palavras da fabricante, além de um cuidado adicional com o acabamento interno. A picape permitirá o rebatimento dos assentos traseiros na proporção 60/40 e será possível acomodar até 100 kg de carga acima da superfície formada. 

Peugeot Landtrek
Peugeot Landtrek
Imagem: Divulgação

Sem entrar em muitos detalhes sobre o nível de equipamentos, dentro do que a Peugeot chama de “nível 2”, que tende a ser o mais completo, a picape oferecerá itens como central multimídia com tela de 10”, controles de tração e estabilidade, rodas de liga leve aro 18”, chave presencial, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, faróis com iluminação por LED, sistema de câmera 360º, alerta de saída involuntária da faixa de rodagem, entre outros.

Peugeot Landtrek
Peugeot Landtrek
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!