Toyota Corolla GR-S a R$ 152 mil: vale a pena?

Com preços elevados, sedã aparece no site oficial da marca com visual esportivo e poucas mudanças
Toyota Corolla 2021

Toyota Corolla 2021 | Imagem: Divulgação

A Toyota confirmou que traria o Corolla GR-S para o Brasil no ano passado. No entanto, até agora, ainda não havia uma expectativa para sua estreia oficial ou seu preço, apenas especulações. Agora, a versão “esportivada” do tradicional sedã  da marca já aparece no site oficial da empresa e seu valor foi confirmado: R$ 151.990, mais que o cobrado pela versão híbrida. Por esse valor, será que ele é uma boa escolha?

O que o Corolla GR-S traz?

Na prática, o Toyota Corolla GR-S traz os mesmos elementos básicos da versão Altis Premium, incluindo na lista de itens de série componentes como piloto automático adaptativo, assistente de permanência em faixa, frenagem de emergência, central multimídia com tela de 8 polegadas, carregador sem fio para smartphones, ar-condicionado digital e chave presencial.

Toyota Corolla 2021
Toyota Corolla GR-S tem kit de carroceria e acerto de suspensão exclusivos
Imagem: Divulgação

No entanto, a versão de apelo esportivo agrega itens exclusivos como spoiler na tampa do porta-malas, lanternas de LED e emblemas que identificam a versão esportiva. Ele também conta com saias laterais, rodas de liga leve 17” exclusivas e emblemas da Gazoo Racing, divisão esportiva da Toyota. Ainda na parte externa, os retrovisores e o teto são pintados na cor preta metálica e os para-choques dianteiro e traseiro contam com design exclusivo.

Por dentro, o Corolla GR-S traz acabamento escurecido com costuras em vermelho, bancos com logo Toyota Gazoo Racing no encosto de cabeça, painel de instrumentos analógico com dois indicadores e tela digital de 4,2”. O sedã traz ainda tapetes e volante com o emblema da divisão esportiva da marca. 

Na parte mecânica, o novo Corolla GR-S terá as mesmas opções dos modelos aspirados: 2.0 com injeção direta e indireta que gera 177 cv com etanol e 169 cv com gasolina. O torque máximo é sempre de 21,4 kgfm a 4.400 rpm. O câmbio também será automático do tipo CVT com simulação de 9 velocidades e primeira marcha física. A Toyota diz que a novidade conta com suspensão tem molas e amortecedores específicos para o GR-S, mais firmes, assim como braços estruturais e defletores na parte inferior do veículo.

Concorrência dentro e fora de casa

Dentro da própria Toyota, o Corolla GR-S não é o único que pode atrair os clientes. O Altis Premium 2.0 tem os mesmos equipamentos de série e a mesma motorização, cobrando R$ 900 a menos. O Altis híbrido, já com a motorização eletrificada, sai pelos mesmos R$ 151.090 da Altis Premium, mas com um conjunto motriz mais eficiente. No entanto, fica devendo alguns equipamentos de segurança.

Fora da Toyota, o principal concorrente é o eterno rival do Corolla: o Honda Civic que, na versão Touring, já traz motor 1.5 turbo a gasolina com 172 cv de potência e mais torque: 22,3 kgfm. O câmbio também é CVT, mas o sedã da rival fica devendo alguns dos itens de segurança presentes nos Corolla mais completo. Porém, seu preço é menor: R$ 149.400. Seu visual também é bem mais arrojado, apesar de já estar há algum tempo no mercado.

As chances de o Corolla GR-S vender bem são grandes. Custa pouco a mais que a versão em que se baseia e traz um pacote interessante de itens de série. A mecânica é competente, o pacote GR-S traz um visual mais ousado para o sedã e suas alterações exclusivas prometem uma dirigibilidade aprimorada. Quem priorizar consumo, pode ser mais feliz com o Corolla Hybrid. Os que preferirem um visual mais forte, vão economizar comprando um Civic. Mas a versão esportiva do Corolla tem sim seu apelo. 

Toyota Corolla 2021
Toyota Corolla 2021
Imagem: Divulgação