O segmento dos sedãs médios no Brasil está um tanto agitado. Estrearam recentemente Renault Fluence e Peugeot 408, reformulando a imagens dos franceses no ramo. Já a Volkswagen tem na manga no novo Jetta, que chega neste mês com preços competitivos, enquanto a Honda, mais adiante, lançará a nona geração do consagrado Civic. E a Toyota?

Líder do nicho com o Corolla, a marca prefere seguir uma postura mais conservadora em relação ao seu carro-chefe. No dia 22 deste mês, o sedã japonês será apresentado com algumas mudanças visuais contidas na linha 2012. Basicamente, as modificações seguirão o mesmo padrão aplicado na versão do veículo vendido nos Estados Unidos (nas fotos).

A grade frontal muda, ganhando um filete cromado no centro que sugere um sorriso. Os faróis também ficam mais pontiagudos nas extremidades e as lanternas na traseira ficaram menores. O interior também tem uma pitada de novidade: o volante é novo, assim como o painel de instrumentos, com iluminação e grafia revisadas. Outra novidade é o segundo compartimento com tampa acima do porta-luvas tradicional.

O Corolla americano ainda vem com detalhes esportivos, como o spoiler frontal mais arrojado e o pequeno aerofólio acima da tampa do porta-malas. Por aqui, essas peças estão fora de cogitação. Por outro lado, a Toyota reservou mais uma novidade para o motor 1.8. Tal como o novo bloco 2.0 do sedã, lançado em 2010, o propulsor menor também terá sistema Dual VVTi, que tem comando duplo variável de válvulas tanto na admissão como no escape.

O modelo 1.8 ainda trocará o câmbio manual de 5 marchas por um novo com 6, também mecânico. Já o Corolla 2.0 seguirá com sua transmissão automática de 5 velocidades sem alterações.

Thiago Vinholes

|