Depois da Land Rover, Jaguar agora também oferece motor flex

SUV compacto E-Pace foi o escolhido para estrear o propulsor na Jaguar
Jaguar E-Pace 2019

Jaguar E-Pace 2019 | Imagem: Divulgação

Como você já conferiu aqui no Autoo, a Land Rover está comercializando o Range Rover Evoque e o Discovery Sport montados aqui com motorização 2.0 turbo flex. Com isso, nada mais natural do que a irmã Jaguar pegar carona nessa linha, já que os modelos das duas fabricantes compartilham diversos componentes.

A partir de agora a Jaguar vai comercializar o E-Pace, modelo que é o crossover de entrada da marca, também com o motor 2.0 flex da família Ingenium sob o capô.

Produzido na fábrica de motores da Jaguar Land Rover em Wolverhampton, na Inglaterra, o motor 2.0 flex com turbo e injeção direta é capaz de entregar até 249 cv e 37,2 kgfm de torque máximo. Graças a esses números, o Jaguar E-Pace 2.0 flex é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 7 segundos. “O motor conta com ampla utilização do alumínio, duplo comando de válvulas nos cabeçotes (com quatro válvulas por cilindro) e variador de fase para proporcionar melhor desempenho e economia”, acrescenta a fabricante inglesa.

No Jaguar E-Pace, o motor flex será oferecido nas configurações Pure, tabelada em R$ 233.800, e R-Dynamic S, esta com apelo esportivo e preço sugerido de R$ 251.300. As versões já estão na rede de 40 concessionárias da marca no país.  

Assine a newsletter semanal do AUTOO!