Depois de híbridos, Jeep já trabalha em SUVs elétricos

Além de modelos plugáveis, marca de 4x4 deve focar em utilitários alimentados por conjuntos de baterias
Propulsão completamente elétrica pode trazer várias vantagens, analisa a Jeep

Propulsão completamente elétrica pode trazer várias vantagens, analisa a Jeep | Imagem: Divulgação

Depois de lançar seus primeiros modelos híbridos plugáveis, que podem ter as baterias carregadas também em tomadas, a Jeep não deve parar por aí e planeja lançar uma série de veículos 100% elétricos também. A marca pretende ser “a empresa de SUVs mais ‘verde’ e sustentável do mundo”. No entanto, nenhum modelo nesse sentido deve ser lançado antes de 2022.

A afirmação foi feita por Christian Meunier, chefe global da Jeep, em entrevista aos britânicos da Autocar. De acordo com a publicação, diversos modelos estão em estágio de desenvolvimento. Atualmente, Wrangler, Compass e Renegade já podem receber trens de força híbridos na Europa.

Meunier afirmou que “estamos trabalhando com várias possibilidades para tornar a Jeep mais sustentável, incluindo veículos 100% elétricos alimentados exclusivamente por baterias”. Ainda não se sabe qual será a extensão dessa eletrificação na marca. Mas, em 2018, um planejamento da Jeep divulgado pela empresa mostrava ao menos quatro utilitários esportivos elétricos em desenvolvimento.

Ao apontar os benefícios dos carros elétricos, o executivo da Jeep deu como exemplo o Wrangler. "Pense em um Wrangler Rubicon, totalmente elétrico ou PHEV (sigla em inglês para Plug-in Hybrid Electric Vehicle). Este é um carro que fará de 0 a 100 km/h em seis segundos, então você terá uma aceleração nunca imaginada no modelo a combustão. Você vai ter o Jeep ​​mais capaz de todos os tempos”, finalizou Meunier.

Jeep Renegade e Compass 4xe First Edition
Jeep Renegade e Compass 4xe: variante híbrida da dupla será oferecida no Brasil
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!