O eterno Dodge Challenger tem uma nova versão de "sangue quente". A marca do Bufallo lançou a linha 2012 da série STR8 392 com melhorias, o que é interessante quando se trata do modelo mais esportivo na linha do musclecar. O carro já está à venda nos Estados Unidos, onde começa em US$ 44.000, algo em torno de R$ 72.800 com o dólar a R$ 1,65 (sem contar impostos e taxas brasileiras).

O motor não muda, o que é bom. O veículo tem o bloco 6.1 V8 Hemi de 470 cv e 65 kgfm de torque máximo, que são enviados somente para as rodas do eixo traseiro. Há também opção de transmissão manual ou automática.

Dodge Challenger SRT8 392
Divulgação

Os 470 cavalos de potência do motor 6.1 V8 do Challenger são enviados somente às rodas aro 20" na traseira

SRT8 é a sigla da Dodge para os seus modelos mais esportivos equipados com motor V8. Já o número 392 é uma referência ao primeiro motor Hemi destinado a um carro esportivo fabricado pela montadora americana em 1957. Esse tipo de propulsor se diferencia pela câmara de combustão em forma de domo (hemisféricas), diferente de supérficie planas mais tradicionais. É um tipo de bloco que favorece um fluxo de gases eficiente. O Challenger que o diga.

A versão especial, conforme números da marca, vai do 0 aos 100 km/h em 4 segundos e atinge 290 km/h de velocidade máxima - o automático chega a 275 km/h. Mas como todo carro de seu porte e propósito, o consumo de gasolina é alto: 6 km/l na cidade e 9,7 km/l (média de 7,8 km/l), sem pisar fundo.

Dodge Challenger SRT8 392
Divulgação

A série SRT8 392 remonta aos primórdios da Dodge no ramo dos carros esportivos em 1957

Além da força bruta, o Challenger SRT8 392 também ganhou novo amortecedores, que segundo a marca são mais firmes, dando ao veículo maior estabilidade. Já os pneus calçados em rodas aro 20” são direcionados ao uso esportivo. Para a cabine, a novidade é o sistema de som com CD/MP3/DVD Player com o auxílio de modestos 18 alto-falantes.

Thiago Vinholes

|