Fábrica de motores da Renault completa 20 anos no Brasil

Depois de mais de quatro milhões de motores produzidos, planta iniciou atividades com um 1.0 16V do Clio
Renault celebra os 20 anos da Curitiba Motores

Renault celebra os 20 anos da Curitiba Motores | Imagem: Divulgação

A Renault do Brasil está comemorando em 2019 os 20 anos de operação de sua fábrica de motores no país. A Curitiba Motores (CMO), nome interno da planta, completa duas décadas de produção no Complexo Ayrton Senna.

Desde sua inauguração, a unidade já produziu mais de quatro milhões de motores, com cerca de 40% deles destinados à exportação. Atualmente, a fábrica produz três famílias de motores e tem capacidade produtiva para 600 mil unidades por ano. Hoje, além de abastecer o mercado brasileiro, exporta motores para Colômbia e Argentina, além de componentes para Turquia.

A história da fábrica de motores começa com a inauguração, em 2 dezembro de 1999. Com capacidade produtiva de 280 mil unidades por ano, a CMO podia produzir os motores 1.6 16V, que equipavam os três veículos produzidos na fábrica no Brasil: Scénic, Clio e Clio Sedan. Além disso, os motores também eram exportados para a Argentina, para produção da linha Mégane.

Em 2000, o primeiro propulsor feito por lá foi o 1.0 16V com foco no Clio, atingindo a marca de 30 mil motores em seu primeiro ano completo de fabricação. Em 2002 foi iniciada a produção dos motores 1.0 8V e 16V, além do 1.2 16V para exportação. Com isso, em 2006, a planta atingiu a marca de um milhão de motores produzidos. Em 2014, esse número já havia triplicado.

Em 2016, a fábrica deu início à produção da linha SCe, trazendo os motores 1.0 SCe e 1.6 SCe. No ano seguinte, teve início a expansão da fábrica com a construção de novas linhas de usinagem, para aumentar a produção local de componentes do motor, como virabrequim, cala e suporte.

Detalhe interno da Curitiba Motores, fábrica da Renault dentro do Complexo Ayrton Senna
Detalhe interno da Curitiba Motores, fábrica da Renault que integra o Complexo Ayrton Senna
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!